Sexta-feira, 12 de julho de 2024
Bem-estar

Conheça alimentos e estratégias para manter a glicose sob controle

Confira as dicas de uma nutricionista para a sua glicose estar controlada

Criciúma - SC, 09/06/2024 14h01 | Por: Vinícius Barbosa
Foto: Ilustração / Freepik

A glicose é algo fundamental para a saúde da população, sendo crucial para o funcionamento do cérebro, músculos e outros tecidos. O organismo recebe a glicose dos alimentos que ingerimos, entre eles os carboidratos, que são quebrados e absorvidos no intestino delgado. 

Segundo a nutricionista Katarina Tibes para evitar picos de glicose no sangue, os alimentos com baixo índice glicêmico e que sejam ricos em fibras são importantes. Entre eles Leguminosas (feijões, lentilhas, grão-de-bico). 

A nutricionista afirma que estes alimentos são uma excelente opção de consumo “Em comparação ao consumo de outros carboidratos nas mesmas quantidades. Evidências epidemiológicas: o consumo está associado ao menor risco de desenvolvimento de diabetes tipo II. Uma excelente alternativa é fazer uma pastinha e comer no pão”, disse Katarina.
 
Outros alimentos também são importantes para a regulação da glicose, entre eles os vegetais como brócolis, espinafre e couve. Frutas como Maçãs, peras, frutas vermelhas e abacate também são indicados. Grãos integrais como aveia, quinoa e arroz integral. Nozes sementes também contribuem no processo.

“As fibras, especialmente as solúveis, ajudam a retardar a absorção de açúcar no sangue, o que evita picos rápidos de glicose após as refeições. Elas também melhoram a sensibilidade à insulina e ajudam na digestão, promovendo uma absorção mais lenta e estável dos nutrientes”, disse a nutricionista. 

As proteínas também auxiliam na redução da glicose, entre elas: Peixes e frutos do mar, Carne magra (frango), ovos e Produtos lácteos com baixo teor de gordura (iogurte, queijo cottage). 

“Uma alimentação equilibrada rica em fibras, proteínas magras, gorduras saudáveis e carboidratos de baixo Índice Glicêmico (IG) pode ajudar a manter os níveis de glicose no sangue estáveis, melhorar a sensibilidade à insulina e controlar o peso”, afirma Katarina.

“Isso, por sua vez, reduz o risco de desenvolver resistência à insulina e diabetes tipo II . É essencial também incluir na rotina uma prática de atividade física e ter bons hábitos de uma forma geral.” finaliza a nutricionista. 

publicidade

Confira dicas para quem já possui diabetes do tipo II e quer reduzir os seu índice glicêmico:

  • Consumir uma dieta rica em fibras e alimentos de baixo IG.
  • Incluir canela na alimentação, pois ajuda na modulação de insulina melhorando a captação de glicose. Pode ser incluído no café ou nas frutas, também age diminuindo a vontade de comer doce, essa especiaria é muito bem-vinda.
  • Incluir grão de bico, pois além de ser um alimento versátil, tem IG baixo e é rico em fibras. Muito interessante fazer a pastinha de grão de bico com azeite de oliva, pois os dois alimentos modulam a insulina.
  • Incluir proteínas magras e gorduras saudáveis em cada refeição, como por exemplo o azeite de oliva, que reduz a inflamação.
  • Incluir abacate na alimentação, pois aumenta a saciedade, diminuindo o desejo de comer doce, modulando também a insulina.
  • Evitar alimentos processados, açúcares refinados e carboidratos simples.
  • Comer porções menores e mais frequentes ao longo do dia.
  • Monitorar os níveis de glicose regularmente.
  • Beber bastante água e manter-se hidratado.
  • Consultar um nutricionista para orientação personalizada e ajuste da dieta conforme necessário.

Leia mais

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.