SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Sábado, 22 de janeiro de 2022
Clima

Governo do Estado deflagra ações para mitigar efeitos da estiagem no Oeste catarinense

A Defesa Civil investiu cerca de R$ 4 milhões na entrega de kits de assistência humanitária aos municípios durante o ano.

Florianópolis - SC, 28/12/2021 07h32 | Por: Redação | Fonte: Governo do Estado de SC
Foto: Divulgação Casan

O Governo do Estado está mobilizado para mitigar os efeitos da estiagem, que afeta o Oeste de Santa Catarina neste fim de ano. Órgãos como a Casan, a Defesa Civil e a Secretaria de Estado da Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural (SAR) estão auxiliando os municípios da região. Na Casan, além do planejamento de longo prazo, estão sendo feitas manobras emergenciais para manter o abastecimento de água da população. A Defesa Civil investiu cerca de R$ 4 milhões na entrega de kits de assistência humanitária aos municípios durante o ano. Já a SAR aportou mais de R$ 100 milhões em ações de resiliência hídrica por meio do Programa SC Mais Solo e Água.

Segundo o governador Carlos Moisés, as medidas do Estado não visam apenas a solução no curto prazo. Ele lembra que o Executivo estadual vai investir R$ 1,7 bilhão em planejamento hídrico, sobretudo na região Oeste. “Infelizmente, nosso estado vem sofrendo com estiagens cada vez mais recorrentes. Para fazer frente a isso, estamos trabalhando com planejamento. Obviamente que atuamos com ações emergenciais em períodos mais críticos, como o atual, porém não podemos perder de vista as soluções no longo prazo. É nesse sentido que devemos concentrar os nossos esforços”, afirma Carlos Moisés.

Nas últimas semanas, a Casan está realizando o trabalho de limpeza em barragens de captação de água, perfuração de novos poços, contratação de caminhão-pipa e melhorias na estrutura de tratamento e distribuição. A Companhia também trabalha com ações operacionais de revezamento em alguns municípios.

Segundo o diretor-presidente em exercício da Casan, Evandro André Martins, a empresa trabalha nas melhorias das redes de abastecimento, mas ainda assim é necessário contar com a colaboração da população neste período de verão. “As obras estruturantes que fazem parte do planejamento hídrico proposto pelo governador Carlos Moisés já estão em andamento. Mas nós contamos com a colaboração da população, para que se faça o uso consciente da água. Sabemos que o consumo aumenta no verão. Pedimos que não haja desperdício”, afirma Martins.

O secretário de Estado da Agricultura, Altair Silva, lembra que o Programa SC Mais Solo e Água já aplicou mais de R$ 100 milhões para reserva de água nas propriedades rurais catarinenses. “São poços artesianos, cisternas, açudes e outros reservatórios. Para 2022, já temos outros R$ 100 milhões reservados, mesma quantia para 2023. Com isso, o total investido vai chegar a R$ 300 milhões. Também adquirimos, por meio do Fundo do Desenvolvimento Rural, 126 equipamentos para transporte de água emergencial para as propriedades que precisam. Essa parceria dos órgãos do Governo do Estado tem por objetivo minimizar os efeitos da estiagem”, conta Silva.

 

publicidade

No âmbito da Defesa Civil estadual, foram entregues mais de 800 kits de assistência humanitária para os municípios em 2021. Também foram distribuídos 829 reservatórios de água, entre eles 283 unidades de 5 mil litros, 197 unidades de 10 mil litros, 80 peças de 15 mil litros e outras 200 com capacidade para 20 mil litros. Ainda foram entregues 69 kits de água limpa.

Saiba mais aqui.
 

 

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.