Quinta-feira, 30 de maio de 2024

COLUNISTAS

Denis Luciano

Além de prefeito e vereador, teremos mais uma eleição em outubro

10/01/2024 19h00 | Por: Denis Luciano
Câmaras estão liberadas para levantar questões à consulta popular paralela no dia do voto / TSE / Divulgação

Não vamos votar apenas para prefeito, vice e vereadores em outubro. Haverá um terceiro voto. Isso dependendo, claro, da Câmara de cada Município. É que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) regulamentou a nova regra que permite consultas populares paralelas à eleição, com votação no mesmo dia, na mesma urna eletrônica, sobre temas locais.

Os eleitores poderão, mediante essa novidade, ser consultados sobre políticas públicas como a localização de uma escola ou um posto de saúde ou até temas mais abrangentes de regramentos municipais.

Em Criciúma, o vereador Nícola Martins (PSDB) anunciou que já está estudando sugerir a adição de uma pergunta sobre a volta da Guarda Municipal. Ele analisa outros possíveis temas também. Outros vereadores deverão fazer o mesmo.

Cada ideia precisará se tornar um projeto e passar pela tramitação normal da Casa. Aprovada, é remetida à Justiça Eleitoral até 90 dias antes da eleição para a adição ou não ao sistema. Ainda não está claro se cada Município poderá incluir apenas uma ou mais perguntas, mas o desafio está lançado. Alô vereadores, mãos à obra. Bora consultar o povo!

Denis Luciano

Denis Luciano

Denis Luciano é jornalista e radialista com 28 anos de experiência em rádio, TV, jornal e web em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de professor universitário. Apresentador e coordenador da Rádio Cidade em Dia.

Opiniões do colunista não representam necessariamente o portal SCTODODIA.com.br

VER COLUNAS
SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.