Sexta-feira, 21 de junho de 2024

COLUNISTAS

Denis Luciano

Exclusivo: Máquinas da cerâmica Eldorado acabam de ser desligadas

31/07/2023 22h45 | Por: Denis Luciano
Cerâmica Eldorado começa a ser "desmobilizada". Próximo passo, as demissões

Pouco depois das 22h30min desta segunda-feira (31) e a informação antecipada aqui no último sábado (29) vai tomando contornos definitivos: a antiga Eldorado, um dos braços da Cecrisa adquirida em 2019 pela Dexco, está paralisando suas atividades de produção de cerâmica na unidade da Quarta Linha, em Criciúma. Os fornos e as demais máquinas que compõem o sistema industrial acabam de ser desligadas, o que representa a paralisação da produção. 

A Dexco fez um esforço, ao longo desta segunda, para minimizar o impacto da má notícia. Primeiro, informou que a unidade não seria fechada. Depois, em nota entregue ao sindicato dos trabalhadores durante reunião à tarde, admitiu que haveria uma "desmobilização" da estrutura com "algumas demissões".

Porém, já é sabido entre os funcionários que ao menos 200 dos mais de 350 trabalhadores perderão seus empregos nos próximos dias. No espaço da antiga Eldorado, a Dexco manterá setores de manutenção, que empregam pouca mão de obra. A produção ficará centralizada na Portinari. A empresa insiste que se trata de algo provisório, mas o montante de demissões permite sublinhar que se trata de algo definitivo.

Os representantes de Criciúma que foram ao governador Jorginho Mello pedir apoio nesta segunda também acabaram, equivocadamente, minimizando os impactos da "desmobilização", nome romantizado pela empresa para o fechamento da unidade. E não levaram em conta que, além das mais de 200 demissões, haverá toda uma cadeia impactada. Com somente um prestador de serviço que conversei nesta noite, soube que o mesmo terá prejuízo de R$ 80 mil sem a operação plena da Eldorado.

Cabe reforçar que a empresa está em seu pleno direito. Se arcar com os direitos trabalhistas dos demitidos, e assim se comprometeu a fazer, não há o que contestar. A se lamentar, sim, a demora da classe política em perceber a extensão dessa crise. Por isso, acentuamos outro alerta que deve ser observado com atenção: a cerâmica Eliane também acusa dificuldades, e isso foi dito durante a visita de Jair Renan Bolsonaro, filho do ex-presidente Jair Bolsonaro, à empresa nesta segunda, em Cocal do Sul. Disso trataremos em detalhes nesta terça na Cidade em Dia e aqui, no SCTodoDia.

Denis Luciano

Denis Luciano

Denis Luciano é jornalista e radialista com 28 anos de experiência em rádio, TV, jornal e web em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de professor universitário. Apresentador e coordenador da Rádio Cidade em Dia.

Opiniões do colunista não representam necessariamente o portal SCTODODIA.com.br

VER COLUNAS
SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.