Domingo, 19 de maio de 2024

COLUNISTAS

Denis Luciano

Mercadores da Morte: inquérito vaza e implica secretário

28/01/2024 21h05 | Por: Denis Luciano
Operação de novembro tem detalhes vindo à tona agora / Divulgação

O conteúdo das 735 páginas do inquérito da Operação Mercadores da Morte vazou. Trata-se daquela ação que o Gaeco desfechou em novembro quando foi ao Paço, à Central Funerária e à residência do secretário de Assistência Social, Bruno Ferreira.

As informações, tornadas públicas pelo Melhores Publicações, citam que a investigação sublinha as apurações de crimes de organização criminosa, fraudes em licitação, crimes fiscais e contra relações de consumo e corrupção.

Entre os detalhes levantados, a constatação de que a alteração da lei municipal que permitiu a contratação de quatro, e não seis empresas para operar a Central Funerária, teria criado um cenário "para beneficiar grandes grupos" de fora de Criciúma. Levanta-se ainda que as funerárias estariam sendo coagidas a "empregar e remunerar pessoas" próximas do secretário Bruno.

Há descrições de conversas interceptadas pelo Gaeco. Em uma delas, é mencionado o polêmico caso do caixão em precário estado que foi ofertado pelo serviço social para o sepultamento de uma criança. No diálogo interceptado, Bruno reconhece que o caixão estava ruim: "parece que caiu da mudança", disse, em versão oposta à que disse à imprensa e aos vereadores.

Outro diálogo interceptado pelo Gaeco apura uma reunião ocorrida no Paço envolvendo o secretário e empresários do setor funerário, entre os quais um que não atua na Central. Os agentes acompanharam os citados pela cidade e passaram por um endereço no Pinheirinho onde será instalada, futuramente, a sede de três das funerárias da Central.

A postagem informa, ainda, que os vereadores Manoel Rozeng e Juarez de Jesus foram ouvidos pelo MP e que o prefeito Clésio Salvaro e o secretário Arleu da Silveira não têm qualquer envolvimento com a investigação.

Vamos aprofundar o assunto nesta segunda-feira, no Em Dia com a Cidade.

Denis Luciano

Denis Luciano

Denis Luciano é jornalista e radialista com 28 anos de experiência em rádio, TV, jornal e web em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de professor universitário. Apresentador e coordenador da Rádio Cidade em Dia.

Opiniões do colunista não representam necessariamente o portal SCTODODIA.com.br

VER COLUNAS
SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.