Domingo, 19 de maio de 2024

COLUNISTAS

Denis Luciano

Vereador denuncia tratamento diferente para igrejas em Criciúma

05/03/2024 18h05 | Por: Denis Luciano
Vereador Nícola advertiu que Município tem dado tratamento diferente a igrejas / Divulgação

No ano passado, a Câmara de Criciúma aprovou um projeto que permitiu ao Município ceder palco e iluminação para a Festa de São José, a pedido da Paróquia São José. Na ocasião, o vereador Nícola Martins (PSDB) levantou um alerta: "claro que a festa merece, mas deixamos claro na ocasião que um precedente era aberto, um precedente perigoso".

Recentemente, a prefeitura emprestou um telão da Fundação Cultural de Criciúma (FCC) à Igreja Assembleia de Deus e, não faz muito, uma cedência de R$ 60 mil de materiais no mesmo sentido.

"Que as outras denominações tenham o mesmo tratamento, mas não é o que estavamos vendo neste momento", contou o vereador há pouco, na sessão desta terça-feira (5). Nícola relatou que, há poucos dias, duas igrejas (uma católica e outra evangélica) tiveram pedidos negados. "Alegaram ano eleitoral, complicações em licitações, mas isso aconteceu. O precedente aberto no ano passado não está sendo cumprido neste momento", advertiu.

O vereador foi além. "Reuniões pedidas com o prefeito para falar desse assunto, nem a reunião está sendo agendada para não ser dado o não. O não está sendo encaminhado para outro dar", completou.

Denis Luciano

Denis Luciano

Denis Luciano é jornalista e radialista com 28 anos de experiência em rádio, TV, jornal e web em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de professor universitário. Apresentador e coordenador da Rádio Cidade em Dia.

Opiniões do colunista não representam necessariamente o portal SCTODODIA.com.br

VER COLUNAS
SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.