SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Invista no posicionamento digital da sua empresa com o Estúdio SContime!CLIQUE AQUI
Terça, 24 de maio de 2022

COLUNISTAS

Eduardo Mota Pereira

Rússia e Ucrânia: a origem de tudo

12/03/2022 08h00 | Atualizada em 12/03/2022 03h50 | Por: Eduardo Mota Pereira
Imagem: Pexels

Mais uma semana passa e o assunto predominante é a guerra na Ucrânia. O mundo assiste, calmamente, o desenrolar da invasão russa e os inúmeros registros de bombardeios, de ataques e de cidades que resistem até o fim de serem dominadas. Mas afinal de contas, o que quer Vladimir Putin? Porque a obsessão do ditador com a Ucrânia, em querer dominá-la?

Para entender esse conflito, é importante conhecermos a história da origem tanto do povo russo quanto do povo ucraniano. Tudo começou quando uma etnia, chamada Rus (ancestral comum dos russos, ucranianos e bielorrussos), criou o primeiro estado eslavo, cuja capital era Kiev. O território do reino Rus correspondia à própria Rússia, à Ucrânia, à Bielorrússia e ia até o Mar Báltico. A religião era a católica ortodoxa e as línguas faladas nesse reino deram origem ao russo, ao ucraniano e ao bielorrusso modernos.

Ou seja, os russos e ucranianos são povos que compartilham uma origem comum, mas que com o desenrolar da história, foram tomando rumos diferentes. Essa separação iniciou com a invasão mongol, que dominou todo o reino Rus. Após o enfraquecimento dos mongóis, o território foi dividido entre o Grão-Principado de Moscou e o Grão-Ducado da Lituânia, sendo que esse último se uniria à Polônia. A Ucrânia ficou, então, entre duas esferas de influência: a dos russos na parte leste e europeia ocidental em sua parte oeste, na época, dominada pelos lituanos e poloneses.

Sob a posse dos lituano-poloneses, Kiev, as áreas adjacentes e toda a parte ocidental sofreram influências de acontecimentos que marcaram a civilização europeia, além de deixarem de professar a fé ortodoxa para professar a fé católica apostólica, reconhecendo o Papa como seu principal líder religioso. A região leste permaneceu sob tutela russa, mantendo a religião ortodoxa e a cultura e tradição dos russos.

Posteriormente, na história, a Ucrânia passou a sofrer com invasões e domínios por parte da Rússia, como durante o reinado da Imperatriz Catarina, a Grande, onde a língua e costumes ucranianos foram proibidos (o que contribui para aumento do sentimento nacionalista ucraniano) e durante os anos de domínio soviético.

Após esse breve apanhado histórico, conseguimos compreender as proximidades históricas entre russos e ucranianos, que muitas vezes são usadas por Putin como uma espécie de “justificativa” para a invasão, com o ditador chegando a afirmar que Rússia e Ucrânia são um povo único, uma coisa só. Muito além de uma guerra por território, ou tentativa de uma potência de se manter influente em seu quintal, esse conflito é a expressão de uma longa e complicada história de relação entre dois países e dois povos vizinhos, que ao que tudo indica, infelizmente, está longe de ser resolvida

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.