SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Invista no posicionamento digital da sua empresa com o Estúdio SContime!CLIQUE AQUI
Terça, 24 de maio de 2022

COLUNISTAS

Eduardo Ventura

Camboriú e Brusque disputam o titulo de melhor clube de Santa Catarina

30/03/2022 10h10 | Atualizada em 30/03/2022 23h34 | Por: Eduardo Ventura
Na primeira fase, os clubes se enfrentaram no Augusto Bauer, e o placar não saiu do 0x0. Foto: Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

Uma decisão histórica marca a final do campeonato catarinense de 2022. Apesar de o Hercílio Luz ter ficado em quinto lugar, ainda podemos contar com um árbitro da Cidade Azul.

O árbitro principal, Bráulio da Silva Machado, faz parte do quadro da Liga Tubaronense de Futebol (LTF), Federação Catarinense de Futebol (FCF), Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Fifa.

Bráulio da Silva Machado apitou sete partidas no campeonato Catarinense. Foto: Fernando Ribeiro/FCF

O primeiro jogo da decisão entre Camboriú e Brusque ocorrerá nesta quarta-feira, às 20h30, no estádio das Nações, em Balneário Camboriú. Na atual edição do Catarinense, Bráulio da Silva Machado trabalhou em sete partidas. 

A última delas foi no duelo de volta das quartas de final entre Camboriú e Marcílio Dias, no estádio das Nações. Ainda nesse ano, ele foi o quarto árbitro na decisão da Supercopa do Brasil entre Atlético Mineiro e Flamengo, e também esteve na escala de partidas da Conmebol.

Além de Bráulio da Silva Machado, a escala conta com os árbitros assistentes Alex dos Santos e Fabiano Coelho da Silva, e com o quarto árbitro, Júlio César Pfegler, e o quinto Johnny Barros de Oliveira. A função de delegado ficará a cargo de André Luiz Dalpiaz e o delegado especial será Marco Antônio Martins.
 

publicidade

A final entre Camboriú e Brusque tira do eixo um seleto grupo de clubes catarinenses que dominaram as decisões do estadual nos últimos 30 anos. Pela primeira vez, desde 1992, teremos um campeão que não seja, Avaí, Figueirense, Criciúma, Chapecoense e Joinville.

Com apenas um título, há exatos três décadas, o Brusque busca o bi-campeonato. Essa é a terceira decisão do quadricolor, em 2020, foi vice-campeão perdendo o título para a Chapecoense, já o caçula Camboriú, disputa a final pela primeira vez. 

Como mandante, em jogos nos estádios Augusto Bauer e Nações (Balneário Camboriú), o Camboriú, em sete jogos, soma sete vitórias, treze gols marcados e quatro sofridos, com um aproveitamento de 100%.

O Brusque atuou como visitante em sete partidas, venceu quatro vezes, empatou duas e uma única derrota. Feito ocorrido na partida contra o Hercílio Luz, em Tubarão, quando perdeu por 3x2. Ao todo foram doze gols marcados, e sete sofridos, com um aproveitamento de 66,67%.

Curiosamente, Luan Carlos tem uma sequência de seis jogos invicto, a ultima derrota do Camboriú, foi também em Tubarão, na partida contra o Hercílio Luz, no dia 13 de fevereiro, quando perdeu por 1x0. A outra derrota foi para o Figueirense quarta rodada. 

Os clubes se enfrentaram na segunda rodada da competição, em partida disputada no Estádio Augusto Bauer, empate em 0x0.
 

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.