Sábado, 25 de maio de 2024

COLUNISTAS

Gisele Victor Batista

"Juntos Pela Sustentabilidade: Abraçando a Cultura Consciente"

18/10/2023 18h18 | Por: Gisele Victor Batista

O Capitalismo Consciente é uma nova corrente de negócios que busca equilibrar o lucro com preocupações éticas e sociais, reconhecendo que uma empresa pode ser bem-sucedida financeiramente, ao mesmo tempo que contribui positivamente para a sociedade e para o meio ambiente. Empresas conscientes priorizam a responsabilidade socioambiental como parte fundamental da cultura organizacional e adotam o senso de propósito maior para atender as demandas das partes interessadas (multistakeholders). 

As empresas conscientes desempenham um papel significativo na promoção da sustentabilidade de diversas maneiras, seja através de práticas que minimizem seu impacto ambiental, reduzindo o desperdício de resíduos, economizando energia, conservando a água e minimizando a poluição, etc., seja por meio de uma governança humanizada e transparente, valorizando os seus colaboradores e assumido compromissos públicos com o ESG.

Mas para desenvolver uma cultura consciente é preciso romper a antiga barreira de que o lucro é o único e principal orientador de um negócio, e que as questões sociais e ambientais devem atender somente o que demanda a legislação. Quando uma empresa entende seu potencial de transformação, ela empodera toda a sua cadeia produtiva, mostrando que é possível aliar sucesso financeiro do negócio ao bem-estar da sociedade e à preservação do planeta. 

A missão de uma empresa consciente envolve a criação de valor não apenas para acionistas, mas, também, para funcionários, clientes, comunidades e o meio ambiente, formando uma grande teia que se interconectam e se retroalimentam. Embora o lucro seja uma parte muito importante, ele não deve ser a única estratégia de uma empresa, a qual deve manter relacionamentos colaborativos e de longo prazo com seus stakeholders, através de uma cultura sustentável e consciente.

Segundo o Capitalismo Consciente, são as sete características que fazem uma Cultura Consciente (e Sustentável):
1. Confiança: uma empresa consciente transmite confiança em suas relações, internas e externas, e atrai clientes e investidores através de uma conduta ética e transparente;
2. Responsabilidade: adotar uma cultura consciente exige que a liderança assuma altos níveis de descentralização e permite a autonomia de sua equipe, com congruência entre o discurso e a prática;
3. Cuidado: uma empresa consciente tem uma preocupação sincera com todas as partes interessadas (multistakeholders), especialmente seus colaboradores, criando ambientes de trabalho mais criativos e inovadores;
4. Transparência: ao assumir compromissos públicos com a sustentabilidade, uma empresa consciente entende sua responsabilidade socioambiental e, por isso, tem maior atenção na divulgação de relatórios financeiros e não-financeiros (ESG);
5. Integridade: o respeito e a valorização pelas partes interessadas guiam as ações da empresa diante de situações sensíveis, e a verdade e a retidão fazem parte do escopo da cultura consciente;
6. Lealdade: assumir um posicionamento de mercado em sustentabilidade exige uma postura moral para corresponder às expectativas das partes interessadas, cuja comunicação franca e horizontal tende a estreitar a relação de confiança e permite alongar a fidelidade de clientes;
7. Igualdade: uma cultura consciente valoriza as relações horizontais e todos são tratados com respeito e dignidade, tendo a visão de que um mundo melhor se constrói de maneira coletiva e colaborativa. 
A Cultura Consciente é mais que uma diretriz gerencial baseada num melhor funcionamento e desempenho da organização. Ela diz respeito à vontade genuína da organização em contribuir com a construção de um mundo mais justo, humano e sustentável, seguindo o propósito maior de gerar valor ao mundo através de produtos e serviços.

Venha fazer parte das transformações que o mundo precisa!
Se você ou sua empresa pode fazer mais e melhor para cuidar das pessoas e do planeta, faça parte do Movimento Nacional ODS SC. É um movimento social constituído por voluntários, de caráter suprapartidário, plural e ecumênico, com a finalidade de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da sociedade catarinense. Busca a construção de uma sociedade melhor, socialmente inclusiva, ambientalmente sustentável e economicamente equilibrada.

 

 

Gisele Victor Batista

Sustentabilidade em Pauta

Top Voice Sustentabilidade
e ESG LinkedIn

Diretora da Harpia Meio Ambiente
Coordenadora Adjunta de Mobilização do Movimento Nacional ODS SC
contato@harpiameioambiente.com.br

Opiniões do colunista não representam necessariamente o portal SCTODODIA.com.br

VER COLUNAS
SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.