Segunda-feira, 17 de junho de 2024

COLUNISTAS

Gisele Victor Batista

Agenda 2030 e o Nosso Futuro em Comum: você conhece o relatório de Brundtland?

10/01/2024 10h00 | Por: Gisele Victor Batista

O relatório "Nosso Futuro Comum" é considerado um marco na história da sustentabilidade, pois foi o primeiro a trazer para o discurso público o conceito de Desenvolvimento Sustentável. As discussões se iniciaram em 1983, quando a ex-Primeira Ministra da Noruega, Gro Harlem Brundtland, foi convidada a presidir a Comissão Mundial sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento da ONU.

Em 1983, a escolha da médica deveu-se ao fato de ela realizar um trabalho pioneiro para a época, enxergando a saúde para além das barreiras do mundo médico e abrangendo em suas ações atividades ligadas ao meio ambiente e ao desenvolvimento humano. Em 1987 a comissão finalizou o relatório que, até hoje, serve de referência para cientistas, pesquisadores, governos e a sociedade em geral.

O relatório definiu o desenvolvimento sustentável como sendo "o desenvolvimento que satisfaz as necessidades presentes sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazerem suas próprias necessidades". Ainda, destacou a interconexão entre questões econômicas, sociais e ambientais e a necessidade de mudança na exploração dos recursos, no direcionamento dos investimentos, na orientação do desenvolvimento tecnológico para futuro mais sustentável para todos e todas.

Algumas questões e conceitos-chave como a equidade entre as gerações presentes e futuras a necessidade de conservar o meio ambiente e utilizar os recursos naturais de maneira sustentável para evitar a exaustão e a degradação ambiental. Ainda, reconheceu a importância da cooperação internacional para enfrentar questões como mudanças climáticas, poluição e pobreza em todas as partes do mundo.

O Relatório "Nosso Futuro Comum" teve um impacto significativo na agenda global de desenvolvimento sustentável e serviu como base para várias conferências e acordos subsequentes, incluindo a Cúpula da Terra no Rio de Janeiro em 1992. Ainda, o este documento contribuiu com a formulação de conceitos e princípios da Agenda 2030 e os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).


Para quem quer entender mais sobre sustentabilidade, esta leitura é indispensável!

VERSÃO EM PORTUGUÊS:

https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/4245128/mod_resource/content/3/Nosso%20Futuro%20Comum.pdf

 

Que saber mais sobre como Implantar um Projeto de Sustentabilidade? Acesse: @harpiameioambiente

Venha fazer parte das transformações que o mundo precisa!

Se você ou sua empresa pode fazer mais e melhor para cuidar das pessoas e do planeta, faça parte do Movimento Nacional ODS SC. É um movimento social constituído por voluntários, de caráter suprapartidário, plural e ecumênico, com a finalidade de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da sociedade catarinense. Busca a construção de uma sociedade melhor, socialmente inclusiva, ambientalmente sustentável e economicamente equilibrada.

Acesse e faça parte: https://sc.movimentoods.org.br

Gisele Victor Batista

Sustentabilidade em Pauta

Top Voice Sustentabilidade
e ESG LinkedIn

Diretora da Harpia Meio Ambiente
Coordenadora Adjunta de Mobilização do Movimento Nacional ODS SC
contato@harpiameioambiente.com.br

Opiniões do colunista não representam necessariamente o portal SCTODODIA.com.br

VER COLUNAS
SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.