SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Invista no posicionamento digital da sua empresa com o Estúdio SContime!CLIQUE AQUI
Terça, 24 de maio de 2022

COLUNISTAS

Ismael Silveira

Ponta da Felicidade

18/04/2022 10h39 | Atualizada em 18/04/2022 13h40 | Por: Ismael Silveira
Imagem: acervo pessoal

Cheguei, com espinhos cravados na palma da mão, a um lugar com vista para o mar, que tomou uma hora de caminhada, suor, e uma leitura anterior sobre o caminho. A vista é espetacular, de encher os olhos, o nome faz referência ao sentimento que o ser humano mais busca: Ponta da Felicidade.

Existem lugares de tirar o fôlego, e lugares em que você chega e sente uma energia revigorante, que te leva até outro instante.Um lugar onde você perde a noção do tempo, onde você desliga o celular, senta na grama e respira. Essa sensação faz todo o suor do caminho valer a pena.

Ali moram urubus e carcarás, únicos que vivem constantemente no local. Há alguns dias em que o vento é forte, e em outros, nem tanto. Assim, nos dias de vento calmo, pequenas aves coloridas pousam pelo costão. A minha dica é: leve água, pois o local não possui nascente; e mantenha distância segura dos costões.

 

publicidade

Na ida, em um resvalo, a mão salvou a queda, mas apoiou em um gravatá, e daí o susto foi intenso. Gravatá são essas plantas, primas dos pés de abacaxi, espinhentas e que cobrem quase todos os costões de Florianópolis.

Então, fica a dica para você, caro leitor, se um dia for até algum lugar em Florianópolis, vá até a Ponta da Felicidade.

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.