SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Aprenda a acumular milhas >FAZER O CURSO!
Domingo, 25 de fevereiro de 2024

COLUNISTAS

Laura Lidia Rosa

Acessibilidade na arquitetura e urbanismo: Compromisso com a inclusão

09/10/2023 18h01 | Atualizada em 09/10/2023 21h09 | Por: Laura Lidia Rosa

Como arquiteta e urbanista especializada em sustentabilidade, reconheço a importância vital da acessibilidade na construção de um mundo mais inclusivo e equitativo. Mas o que é um mundo mais acessível? Devemos projetar cidades para todo cego ver e surdo escutar!

Mas como podemos projetar cidades assim? 
A acessibilidade vai além de um simples cumprimento de normas e regulamentos; é uma busca constante para garantir que todos, independentemente de suas habilidades físicas, sensoriais ou cognitivas, possam viver, trabalhar e desfrutar plenamente dos espaços e serviços que projetamos.

A pergunta que precisamos avaliar perante a inclusão é, as cidades estão sendo projetadas para pessoas, na escala de parâmetros humanos? 

O design universal emerge como um aporte na configuração de Projetos Arquitetônicos e Urbanísticos, direcionando correções em espaços de convívio e lazer. 

Desenhando cidades mais inteligentes, acessíveis e inclusivas, com calçadas padronizadas, uso de rampas de acesso e instalações de pisos táteis, mobilidade para público PCD ( pessoa com deficiência) e reforçando olhares para nossa futura condição física com a nossa mobilidade reduzida. A partir dos 80 anos já necessitamos de orientações e cuidados de saúde.

Ampliando nosso olhar, precisamos lembrar de pessoas obesas, mães com carrinho de bebê, mulheres grávidas, anões e diversas outras dificuldades de mobilidade dos seres humanos.

Acessibilidade: além da lei, um direito de todos
A legislação e as normas técnicas, como a Lei de Acessibilidade (Decreto nº 5296/2004) e a ABNT NBR 9050, são guias essenciais que nos ajudam a concretizar a acessibilidade em nossos projetos. Entretanto, nossa responsabilidade vai além de meros cumprimentos legais. Acessibilidade é um direito de cidadania, um compromisso ético e social para garantir que ninguém seja deixado para trás.

Construindo para todos: desafios e oportunidades
Adaptar edificações antigas para torná-las acessíveis é um desafio complexo, incomoda órgãos de defesa de arquitetura patrimonial e proprietários de imóveis. Então aonde devemos buscar soluções inovadoras e viáveis sem comprometer a integridade estrutural? Por outro lado, ao projetar novas edificações acessíveis, temos a oportunidade de incorporar princípios de design universal, garantindo que cada espaço seja inclusivo e acolhedor desde sua concepção.

Tecnologia: uma aliada fundamental
A tecnologia tem se tornado uma aliada poderosa na promoção da acessibilidade, realizando projetos com soluções tecnológicas como a robótica e a nanotecnologia, elas promovem a tecnologia assistiva e estão abrindo novos horizontes e quebrando paradigmas, permitindo a inclusão digital e a participação ativa de pessoas com determinadas deficiências, com uso de inteligência artificial e robôs com articulações humanóides, além de diversos aplicativos de navegação acessíveis a leitores de tela, a tecnologia está se tornando um pilar central para a inclusão de todos na sociedade digital.

Conexão com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)
Ao abraçar a acessibilidade na arquitetura e urbanismo, podemos contribuir diretamente para o ODS 10 - Redução das Desigualdades. Este objetivo visa assegurar a igualdade de oportunidades e reduzir as desigualdades de resultado, incluindo a eliminação das barreiras arquitetônicas e promovendo a acessibilidade.

A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável proclama "Não deixar ninguém para trás". Olhar para a acessibilidade, como preconizado pela Agenda, é essencial para garantir que todas as pessoas, incluindo aquelas com deficiência, possam desfrutar plenamente dos benefícios do desenvolvimento sustentável. É nosso dever como arquitetos e urbanistas liderar este caminho, criando ambientes verdadeiramente inclusivos e abrindo portas para um futuro mais igualitário e acessível a todos.

Siga o perfil @uban_etc para conversar comigo sobre esse ou outros temas relacionados ao urbanismo sustentável.

 

Laura Lidia Rosa

Visão além do alcance

Laura Lidia Rosa é arquiteta, urbanista, ecodesigner e xeropaisagista. Desde 2016, é CEO do Escritório de Projetos Coletivos URBAN etc., focando em treinamentos, ecomentorias, cursos e estratégias projetuais solarpunk para reduzir impactos ambientais.

Opiniões do colunista não representam necessariamente o portal SCTODODIA.com.br

VER COLUNAS
SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.