SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Aprenda a acumular milhas >FAZER O CURSO!
Segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

COLUNISTAS

Lucas Marques

Tropeços e relação com o elenco levaram a troca de técnico no Hercílio Luz

06/02/2024 11h45 | Atualizada em 06/02/2024 14h42 | Por: Lucas Marques
Foto: Bianca Coan/HLFC

Sai Felipe Moreira, chega Alexandre Lopes. A mudança no comando técnico do Hercílio Luz, que virou uma grande possibilidade após a má atuação no empate em casa diante do Joinville, se tornou inevitável depois de um novo tropeço diante do lanterna Inter de Lages. O trabalho de Moreira dava poucos e embrionários sinais positivos, que não demoravam a ser superados pelos inúmeros problemas da equipe, que iam da parte tática até o lado físico e motivacional dos atletas.

Foram cinco jogos no comando da equipe, com duas derrotas, dois empates e apenas uma vitória. Durante a curta “Era Moreira”, o ponto de debate mais frequente foi a improvisação do volante Igor Silva na zaga – que evidenciou ainda mais o claro (e previamente alertado) erro de planejamento do Intrépido quanto as opções na zaga, mas que também gerou desgastes na torcida e no elenco. Em múltiplas oportunidades, Felipe afirmou que treinou com Igor no setor defensivo em diversas ocasiões; nos bastidores, a informação sempre foi de que, durante a pré-temporada, Emanuel e Jonathan Cabeça foram os únicos testados por ali.

publicidade

Com a sequência de resultados ruins, a relação de Moreira com lideranças do elenco também deteriorou, sendo o ponto final o vestiário após o empate com o Inter. Grande investimento na folha salarial e um dos mais experientes do elenco, Clayton não fez questão de esconder o desagrado em ser barrado do time.

Minutos após a partida, o nome de Alexandre Lopes já borbulhava nos ares do Aníbal Costa. Foi questão de tempo – menos de 24h - para o técnico de 49 anos ex-Ferroviária chegar em Tubarão, se apresentar ao elenco e botar a mão na massa. Comandante do algoz do Hercílio Luz na última Série D, Alexandre assumiu a equipe de Araraquara em um momento conturbado e conseguiu mudar o panorama em pouco tempo, conquistando o acesso a Série C. Agora, precisará fazer algo parecido no Leão do Sul, que já entra em campo quinta-feira diante do Figueirense, fora de casa.

Mesmo que seja um nome com mais rodagem do que Felipe, Alexandre precisará lidar com as mesmas carências do elenco. Na coletiva, evitou falar de reforços, mas na conversa com a gestão de futebol houve o entendimento de que falta um defensor e dois nomes para as beiradas do ataque. Além do campo, também será feita a escolha em relação ao nome que auxiliará Lopes na comissão técnica, outra decisão de enorme importância para a sequência da temporada.

Já sob as ordens de Alexandre, o Hercílio Luz visita o Figueirense na quinta-feira, às 20h30, no estádio Orlando Scarpelli em Florianópolis. Você acompanha todas as emoções da partida na super jornada da Rádio Cidade Tubarão, começando às 19h.

Lucas Marques

Chute cruzado

Coordenador de esportes da Rádio Cidade Tubarão, apresentador do programa diário Central do Esporte e dos semanais Grande Área Debate e Grande Área Entrevista, co-host e produtor do Cidade a Caminho da Copa, colunista do portal SC Todo Dia, apaixonado por futebol, política e maradoniano devoto. Você me encontra nas redes sociais no @uMarrques

Opiniões do colunista não representam necessariamente o portal SCTODODIA.com.br

VER COLUNAS
SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.