Sábado, 25 de maio de 2024

COLUNISTAS

Milton Alves

Com licença, deixa eu passar?

22/05/2023 08h46 | Por: Milton Alves
Rua no bairro Monte Castelo. Crédito: Everaldo Nunes/SCTodoDia 

Tens coisas que só acontecem aqui por Tubarão. Esse buraco no meio da rua, provocado por defeitos no assentamento das lajotas na rua Benjamim Machado Pacheco, no bairro Monte Castelo, já existe há mais de cinco meses, só que era bem menor. Nos últimos 30 dias, porém, uma caçamba foi instalada no lado bom da pista e os motoristas forçosamente tem que passar sobre a parte defeituosa com seus veículos. A imagem nos deixa claro qual o resultado de tudo isso.

Como se vê na foto, o buraco está ficando cada vez maior, as lajotas soltas estão sendo destruídas e nem mesmo o apelo dos moradores e usuários da via, para que pelo menos a caçamba seja trocada de lugar, vem sendo atendido. E-mails e protocolos com reclamações não tem faltado. Como nos disse o morador Everaldo Nunes, em nome de todos os demais daquela via pública, “não demora muito vamos ter que pedir licença e passar com nossos carros por sobre a calçada da moradia que fica à frente do buraco. Só vai nos restar isso”. Alô, prefeitura!

Os anjos das estradas
É óbvio que eles são pagos para isso e cabe a prefeitura a responsabilidade em executar essa função de ponta no protocolo de atendimento do Sistema Único de Saúde, o SUS, ainda mais na hora das emergências. Poderia se dizer que cumpriram apenas com a obrigação. Todavia, o envolvimento e o carinho demonstrado pelos motoristas de plantão tem que ser destacado. Um transplante é vida, e não dá pra deixar para depois. Não existe o amanhã na hora do transplante. E como, vez ou outra, enxergamos - principalmente nas redes sociais - pessoas reclamando dos profissionais de saúde por isso, ou por aquilo, às vezes por coisas tão insignificantes, é nessas horas que nos sentimos na obrigação de enaltecer o trabalho que fazem.

Neste caso, o Lucas Mello, de bermuda, que representando todos os demais motoristas da equipe do Eduardo Cabelo, comandados pelo Daisson Trevisol, virou o anjo das estradas no último sábado, ao levar essa senhora da foto, Jucélia de Oliveira Moro acompanhada do esposo Sidnei, moradora da rua Jaime Aguiar de Souza, atrás da Coopagro, para um urgente transplante de rins na cidade de Blumenau, marcado para as 20h daquele dia. 

A esperança pela vida 
Eles saíram de Tubarão às 15h30 com limite de chegada na cidade do Vale do Itajaí uma hora antes para os exames preliminares. Exatamente às 19h20, 40 minutos antes do prazo, estacionaram na garagem do hospital, como se vê na foto. Deu tudo certo! O transplante foi realizado da forma prevista; dona Jucélia continua internada em Blumenau, recuperando-se; a família está feliz da vida e grata por ter encontrado um doador; e os “anjos das estradas” voltam ao cotidiano dos seus dias normais, enfrentando as agruras da vida, o risco das estradas, mas promovendo a esperança daqueles que lutam pela vida. E hoje, sem as injustiças das críticas, mas sim com o nosso reconhecimento pelo esforço empreendido. Parabéns!

Lucas Mello, de bermuda, representando todos os demais motoristas da equipe do Eduardo Cabelo, comandados pelo Daisson Trevisol, virou o anjo das estradas no último sábado, ao levar Jucélia de Oliveira Moro e o esposo, Sidnei, para Blumenau
SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.