SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

A concorrência cresce no digital e sua empresa não tem presença online?EVOLUA!
Segunda-feira, 15 de agosto de 2022

COLUNISTAS

Reginaldo Osnildo

Há Jair, há Luiz e há Pablo

05/07/2022 23h20 | Atualizada em 06/07/2022 02h24 | Por: Reginaldo Osnildo
Reprodução: Instagram/@pablomarcal1

Longe de mim induzir o leitor em sua escolha. Minha coluna de hoje é intencional, mas com a intenção de alertar. As eleições se aproximam e cada vez mais as redes sociais serão utilizadas como plataformas para alavancar esse ou aquele candidato.

No digital, a narrativa de venda se fará presente nos discursos dos políticos A, B ou C.

Eles vão tentar convencer por muitos argumentos possíveis. Eles vão olhar para aquele posicionamento mais arraigado do eleitor e vão produzir um conteúdo que vai falar diretamente com eles, com proximidade e persuasão.

Usando parte de meus argumentos da pesquisa de doutorado, que defendi recentemente, eles vão se apropriar de imagens que falam ao inconsciente do eleitor. Imagens que vão tentar expressar a pureza de uma verdade dita por milênios, narrativas que não são puras, narrativas agressivas que ferem o espaço do leitor, do ouvinte, do espectador. Narrativas que invadem o mundo comum de pessoas comuns e inserem uma ideia que pode germinar, pode ocupar a vida, a mente e, quiçá, a alma.

Muitos eleitores estão com os olhos voltados para Luiz e Jair, mas há um Pablo usando de tecnologia e influência no digital para se mostrar como alternativa viável.

Há pouco, Pablo trouxe um vídeo nas redes sociais dele que provoca a controversa temática do aborto. O vídeo impacta por tamanha agressividade, mas também pela verdade, uma verdade conservadora que foi responsável, em parte, por eleger Jair há quatro anos. Assista o vídeo e tire suas próprias conclusões, caro leitor.

 

 

 

Por qual motivo, razão ou circunstância estou falando de Pablo?

Ele foi objeto de pesquisa de meu doutorado. Analisei narrativas de venda no digital para entender como as narrativas ativam o inconsciente. E, por isso, meu alerta. Pablo não é bobo. Na tese percebi que Pablo fala pouco de si no Instagram, quando o faz traz a família para a conversa. Ele usa de frases de efeito para atrair a audiência e se relacionar com eles nas transmissões ao vivo que organiza.

Pablo domina o que ele chama de energia que transforma. Possui vários produtos digitais além dos livros publicados, como o Clube 459, Clube da Riqueza, Método IP, abasedetudo e outros. Toda a narrativa de Pablo é para a ativação da pessoa, para isso ele apresenta vários impedimentos que inibem a pessoa de ter uma vida próspera. Pablo oferta para a audiência os conhecimentos necessários para a prosperidade, que se traduz em uma família feliz e riqueza de espírito e financeira. Ele apresenta a própria vida como modelo para que as pessoas se identifiquem.

Esses mesmos conceitos ele trouxe para o universo de pré-campanha.

Quer mandar um feedback sobre essa coluna?

Quer sugerir outros temas?

Me acione no WhatsApp: 48 991913865.

Reginaldo Osnildo

Estratégias de Comunicação

Professor doutor, cientista da linguagem e pesquisador de tecnologia e comunicação. WhatsApp: +5548991913865

VER COLUNAS
SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.