SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Segunda-feira, 29 de novembro de 2021
Economia

“Se a gente pode buscar um culpado, é principalmente, a Petrobras”, afirma presidente da Sinregás sobre aumento de preços

Registrando um aumento de 30% do seu valor, desde o começo do ano, o gás de cozinha passa por mais um reajuste.

Tubarão - SC, 21/09/2021 21h26 | Por: Beatriz Godoy Taveira | Fonte: Radio Cidade Tubarão
Foto: Pexels

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) informou que o gás de cozinha passará por um novo reajuste de 1,5%, subindo o preço do botijão para até R$ 130, valor mais alto do Brasil registrado na região Centro-Oeste. Em entrevista a Matheus Aguiar para o Jornal da Rádio Cidade desta terça-feira (21), o presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás (Sinregás), Jorge Magalhães de Oliveira, falou sobre o assunto. “É um valor considerável e que realmente penaliza o consumidor final e as revendedoras de gás que não tem o mínimo de interesse em repassar esses aumentos, que até podemos considerar abusivos, mas que infelizmente vem desde a produção”, diz o presidente. Segundo ele, além das políticas de preço da Petrobras, que estão atreladas ao dólar, serem responsáveis pelas altas, a tributação do estado também contribui para o gás chegar ao consumidor com um valor mais caro.

publicidade

 

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.