SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Sábado, 04 de dezembro de 2021
Geral

“Nós abraçamos essa causa”, diz secretário Evandro Almeida sobre antiga sede do Centro de Plantão Policial

Nesta quarta-feira (22), a Assembleia Legislativa do estado aprovou o Projeto de Lei que cede a prefeitura de Tubarão, por 15 anos, o prédio no centro da cidade.

Tubarão - SC, 23/09/2021 22h18 | Atualizada em 24/09/2021 07h41 | Por: Beatriz Godoy Taveira | Fonte: Radio Cidade Tubarão
Foto: Marcelo Becker/ Divulgação: Decom/PMT

O prédio onde funcionava a antiga sede do Centro de Plantão Policial, foi cedido, através de um Projeto de Lei aprovado pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina, ao município de Tubarão, que pretende instalar órgãos da administração municipal, os quais, no momento, se encontram em espaços alugados.

Em entrevista a Matheus Aguiar para o Jornal da Rádio Cidade nesta quinta-feira (23), o secretário de Segurança, Trânsito e Patrimônio, Evandro Almeida, fala sobre o passo dado em direção a conquista do prédio para o município. “Fui fazendo vários contatos junto com o diretor de patrimônio do governo do estado para que ele pudesse estar nos ajudando e fazendo com que esse processo tivesse um encaminhamento mais rápido. Aprovado, o projeto vai agora para a sanção do governador para que, de fato, essa ex central de polícia venha para Tubarão para que nós possamos fazer aquilo que vai ajudar a nossa comunidade”, destaca o secretário.

Evandro ainda comenta que seria extremamente importante levar a guarda municipal para o prédio, que, estando localizado no coração da cidade e próximo a prefeitura, a GM conseguirá oferecer um atendimento ainda melhor a população.

publicidade

 

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.