Sexta-feira, 12 de abril de 2024
Geral

"Tenho muitos amigos gays" afirma Prefeito de Rio do Sul em entrevista após proibir evento LGBTQIA+ que gerou polêmica nacional 

Prefeito também afirmou, em entrevista, ter enviado áudio que causou toda a repercussão "Eu encaminhei o áudio"

Florianópolis - SC, 02/04/2024 20h12 | Por: Tiago Damos
Foto: Divulgação/SC Todo Dia

Em entrevista à Rádio Amanda FM nesta terça-feira (2), em Rio do Sul, o Prefeito José Eduardo Rothbarth Thomé (PSD), reafirmou que não aceitaria a realização do evento LGBTQIA+ que gerou polêmica nacional.

Segundo o chefe do executivo ele "faria novamente. Um evento com aquela pauta, classificação livre, dentro de um espaço público. Foi uma decisão tomada firme e consciente do processo".

O prefeito também chegou a ser questionado sobre o suposto vazamento de um áudio em que, em tom alterado, disparou "não podemos criar apologia a este tipo de coisa". Thomé admitiu ter enviado o áudio. "Eu encaminhei dizendo, está aqui o meu ponto de vista. Não foi o Rodrigo que vazou". 

Quando questionado sobre a melhor forma para se fazer o veto do evento, o prefeito enfatizou a decisão. "O por menor, para mim, ele é um detalhe. O que importa é que a coisa certa, no momento certo, ocorreu".

Ainda em tempo, o prefeito reforçou que recebeu apoio de muitos amigos gays. "Eu tenho muitos amigos gays que frequentam a minha casa. Em um primeiro momento alguns deles, vírgula, em um primeiro momento, ficaram chateados, mas com conversa e diálogo resolvemos. Alguns, mais extremistas, se afastaram. Tá tudo bem"

publicidade

Relembre o caso 

O prefeito José Eduardo Rothbarth Thomé (PSD) alegou categoricamente, após anunciar o cancelamento do evento em suas redes sociais e através de um áudio de WhatsApp, que a II Mostra Itinerante “V Transforma”, marcada para os dias 27 e 28 de abril, na Fundação Cultural de Rio do Sul, "vai na contramão daquilo que devemos defender enquanto cidade, família, religião e bons princípios".

Erika Hilton, Deputada Federal pelo PSOL/SP, Jean Volpato, suplente de Deputado Estadual pelo PT/SC e Leonel Camasão Cordeiro, vereador pelo PSOL/SC, entraram com a denúncia no Ministério Público para investigar o prefeito pelo crime de LGBTFobia.

O MPSC aceitou a denúncia. Agora o chefe do executivo deve responder na justiça pela acusação. 

 

Leia mais

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.