SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

A concorrência cresce no digital e sua empresa não tem presença online?EVOLUA!
Segunda-feira, 04 de julho de 2022
Geral

"Todos os reservatórios de água estão em níveis normais", afirmam concessionárias da Amurel

A pior crise hídrica que o Brasil vive nos últimos anos tem preocupado especialistas, em especial quanto ao abastecimento de água nos estados brasileiros. Atentas a essa preocupação, as concessionárias da Amurel tomam medidas para garantir a normal distribuição entre os municípios.

Tubarão, 03/09/2021 09h00 | Atualizada em 04/09/2021 08h44 | Por: Lara Silva | Fonte: Rádio Cidade Tubarão
Foto: Rádio Cidade Tubarão

De acordo com o Governo Federal o Brasil vive a pior crise hídrica dos últimos anos. Além disso, a Organização Mundial da Saúde afirma que em agosto choveu menos do que o esperado. Ainda assim, os municípios da Amurel seguem com os reservatórios em níveis normais de abastecimento. Em contato com as concessionárias de Jaguaruna, Tubarão, Capivari de Baixo, Laguna e Imbituba, foi informado a preocupação com os níveis de água é algo global e por isso, todos os profissionais e empresas da área do saneamento básico, preocupam-se com esse tema e tomam medidas preventivas para evitar que ocorra um desabastecimento.

Segundo Marcelo Matos, diretor da Tubarão Saneamento, os reservatórios variam de acordo com a sazonalidade. A concessionária de Tubarão também é a responsável pela captação e tratamento da água distribuída em Capivari de Baixo. "Com relação à crise hídrica, continuamos monitorando as condições climáticas, bem como a vazão e volume do Rio Tubarão, que segue com captação normal", destaca Matos.

 

publicidade

Todas as concessionárias da Amurel acompanham diariamente os relatórios de água, além de traçar estratégias para tornar a distribuição aos bairros mais resistentes. Entre as ações realizadas estão a perfuração de novos poços, campanhas educativas do uso consciente da água e melhorias nos sistemas a fim de evitar perdas. Em Jaguaruna, cidade que possui duas concessões, os reservatórios são dimensionados para suprir a demanda de consumo da temporada de verão, visto que é o período do ano onde as praias estão lotadas, fazendo com que o consumo de água tratada seja de até quatro vezes maior com relação aos demais meses do ano.

O superintendente da Jaguaruna Saneamento, Guilherme Marques, afirma que a média dos reservatórios para a baixa temporada é de aproximadamente 95%. "Durante o verão, com o aumento do consumo, a média gira em torno de 65%. No entanto, como o sistema foi projetado para atendimento da sazonalidade prevendo um horizonte de 30 anos, que é o tempo do contrato de concessão, o sistema supre a demanda", explica o superintendente.

Chefe da Casan em Laguna, Diego Medeiros destaca que a cidade conta com uma reserva média de 3200 m³ espalhados em vários sistemas e a Companhia está trabalhando na elaboração de projeto para ampliação em mais 1500 m³. Também com todos os nove reservatórios com abastecimento normal, Imbituba totaliza, aproximadamente, 4.750 m³. Embora com estiagem, a captação, tratamento e distribuição de água no município estão atendendo a demanda normalmente.

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.