SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

A concorrência cresce no digital e sua empresa não tem presença online?EVOLUA!
Segunda-feira, 04 de julho de 2022
Geral

Bombeiro é morto pela namorada com um tiro em Florianópolis

Após atirar na vítima, autora do disparo tirou a própria vida. Polícia suspeita de crime passional e caso está sendo investigado

Florianópolis, 17/09/2021 10h00 | Atualizada em 18/09/2021 10h35 | Por: Fabricio Correia | Fonte: Polícia Militar
Arquivo Pessoal

A vítima é o 2º sargento BM Smaylin Willian Schappo, de 32 anos de idade. Ele foi assassinado com um disparo de pistola efetuado pela namorada nesta quinta-feira (16) em Florianópolis. O crime ocorreu na Servidão Aníbal Pedro Oliveira, no Bairro Ingleses, Norte da Ilha. De acordo com a Delegacia de Homicídios da Polícia Civil, que acompanha o caso, a autora usou a mesma arma para tirar a própria vida, em seguida.

Ao chegar ao endereço, a polícia encontrou o militar caído dentro da casa em que ele morava, já sem os sinais vitais. Um grupo de policiais conversou por alguns minutos com a autora, na tentativa de acalmá-la, já que segundo a Pm, ela estava completamente fora de controle. A mulher inclusive, teria impedido qualquer tipo de ação policial, para que fosse contida. Foi quando de repente, sacou a mesma arma que estava escondida em seu moletom, tendo atirado contra si, e vindo também a óbito no local. A polícia suspeita de crime passional, motivada por uma suposta traição do namorado, mas outras linhas de investigação não são descartadas no momento.

 

 

publicidade

Smaylin Willian Schappo era natural de São Miguel do Oeste e segundo o Corpo de Bombeiros, havia ingressado na Corporação há 15 anos. Atualmente era lotado no COBOM, a Central de Operações dos Bombeiros, que atende as ocorrências pelo número 193. 

Já a namorada, que não teve a identidade divulgada, era natural de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e tinha 28 anos de idade. “Ouvi dois estampidos à uma certa distância e me assustei, só depois fui me dar conta que eram os disparos”, disse um morador, que estava em casa quando o crime ocorreu.

CORPORAÇÃO LAMENTOU AS MORTES

O Corpo de Bombeiros Militar divulgou uma nota de pesar na qual confirmou a morte do sargento Schappo e lamentou a perda do militar. Também se solidarizou com familiares e amigos do casal.

"Neste momento de pesar, registramos os sentimentos de profunda tristeza e solidariedade de todos os Bombeiros Militares da corporação. Nossas respeitosas continências", diz a nota.

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.