SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Invista no posicionamento digital da sua empresa com o Estúdio SContime!CLIQUE AQUI
Quarta-feira, 25 de maio de 2022
Geral

Companhias aéreas estão autorizadas a reduzir comissários a bordo em voos

Por regra, cada voo deve ter um comissário para cada 50 passageiros

Brasília - DF, 18/01/2022 21h50 | Por: Redação
Foto: Divulgação

Empresas aéreas podem voar com menos comissários a bordo, mas número de passageiros também vai ser reduzido. A decisão, em portaria da Anac, a Agência Nacional de Aviação Civil, publicada no Diário Oficial da União, atende ao pedido das três maiores empresas brasileiras do setor, Gol, Latam e Azul, que, somadas, detêm mais de 98% do mercado doméstico de aviação.

As companhias pediram a autorização da Anac para evitar o cancelamento de voos. Isso porque o avanço da variante Ômicron da Covid-19 tem causado o afastamento de comissários de bordo, e até de pilotos e co-pilotos.

Para tentar reduzir o impacto no serviço aéreo do país, elas solicitaram voar com menos comissários a bordo dos aviões, utilizando três, em vez de quatro profissionais por voo.

publicidade

Por regra, cada voo deve ter um comissário para cada 50 passageiros. Então, com a redução desses profissionais a bordo, os voos também terão um limite no número reduzido de passageiros. Na prática, a medida obriga as empresas a reacomodarem passageiros em outros voos.

Por exemplo, uma aeronave da Boeings 737-800, utilizada pela Gol, que tem capacidade para 186 passageiros, estará limitado a 150 viajantes. Já um modelo Airbus A320, utilizado pela Azul, que comporta até 174 passageiros, vai ficar restrito a 150 poltronas ocupadas.

Leia mais

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.