SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Sábado, 04 de dezembro de 2021
Geral

Dia dos animais: "A causa animal é um problema de saúde pública e precisa ser incluída nas políticas do município"

Comemorado anualmente em 4 de outubro, o Dia dos Animais faz menção, também, a São Francisco de Assis, protetor dos animais, celebrado na mesma data.

Tubarão , 04/10/2021 17h44 | Atualizada em 04/10/2021 17h50 | Por: Lara Silva | Fonte: Rádio Cidade Tubarão

Tendo como objetivo destacar a importância que eles têm na vida de todas as pessoas, foi instituído o Dia dos Animais. Celebrado anualmente em 4 de outubro, a data faz referência à lembrança de São Francisco de Assis, santo católico, considerado protetor dos animais e padroeiro da ecologia, devido sua proximidade com a natureza. Em entrevista à Isadora Zarbato, no Estúdio Cidade desta segunda-feira (4), Tânia Fernandes, membro do Conselho Fiscal da ONG Movimenta-cão, fala sobre a situação dos animais em Tubarão e região. "A questão dos animais de rua sempre nos preocupa. Mesmo que nós, enquanto voluntários, consigamos fazer alguns encaminhamentos, todos os dias nos deparamos com novos casos. A causa animal é um problema de saúde pública. Precisa ser tratada não apenas pelas ONGs, mas incluída nas políticas públicas do município", admite.

Não possuindo sede ou carro próprio, a ONG Movimenta-cão é formada por grupos voluntários que arrecadam fundos e, posteriormente, realizam ações de castração, vacinação e tratamentos de saúde, por exemplo. "Lar temporário também é um problema. Quando a gente consegue recolher algum animal, muitas vezes precisamos pagar uma hospedagem por sete ou 14 dias. Isso é uma necessidade nossa. A gente até pede para as pessoas que têm interesse para dispor sua casa e abrigar esses animais de forma temporária", acrescenta Tânia.

publicidade

Em relação à castração, ela explica que, dentro da disponibilidade da ONG, são feitos alguns procedimentos. "Hoje, a Funat tem R$ 100 mil para investir na causa animal. Nós fazemos parte dessa comissão e estamos cobrando um plano de ação que seja desenhado para aplicação desse recurso público. Temos solicitado que grande parte desse investimento seja feito em mutirões de castração. É por meio dela - da castração - que vamos diminuir o abandono e o número de animais em situação de maus-tratos e nas ruas", finaliza.

 

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.