SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Segunda-feira, 18 de outubro de 2021
Geral

Radares fixos instalados na Via Expressa Continental em Florianópolis estão desregulados; motoristas contestam

Multas para veículos que trafegam acima de 80km/h, estão sendo emitidas equivocadamente. Velocidade máxima permitida no trecho é de até 100km/h

Florianópolis, 08/10/2021 20h00 | Atualizada em 08/10/2021 23h04 | Por: Fabricio Correia | Fonte: DNIT
Reprodução

Nos últimos dias, milhares de motoristas trafegam nos dois sentidos da BR-282, a Via Expressa Continental em Florianópolis. Muitos deles, tem se queixado nas redes sociais sobre o surgimento de multas aplicadas, mesmo o condutor tendo respeitado os limites de velocidade na via, estabelecidos em até 100 km/h.

Um desses condutores, é o motorista de aplicativo Antônio Mendes, disse se sentir lesado por tamanha injustiça: "As placas indicam o limite de 100 e se o equipamento mostra que passei à 85 km/h, não posso arcar com um prejuízo desse. Eu, e imagino que muitos outros, não podem pagar por um erro de aferição de equipamento"; desabafou.

Procurado pela reportagem do SCTODODIA, o Superintendente do DNIT em Santa Catarina, órgão responsável pela manutenção dos radares, Ronaldo Carioni, informou que o o Departamento já constatou o problema e que será resolvido. " Nossas equpes já trabalham para identificar as falhas e normalizar a situação. É válido reforçarmos também que todas as notificações de multas emitidas indevidamente pelo nosso sistema nesse período, serão canceladas." afirmou.

Segundo ele, os equipamentos não conseguem identificar se o veículo é leve ou pesado, vindo a emitir multas para carros que trafegam acima de 80km/h, sendo o limite máximo 100km/h.

publicidade

DNIT EMITE NOTA OFICIAL

Confira na íntegra a nota do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes:

Prezados,

O DNIT esclarece que o programa do sistema da empresa contratada para atender o controle de velocidade na Via Expressa, na BR-282/SC, apresenta falhas há uma semana e não diferencia veículos leves dos pesados.

A partir desse erro, o processamento tem classificado todos os veículos como pesados, que tem velocidade máxima permitida de 80 km/h, enquanto que os demais devem observar o limite de 100 km/h.

Os responsáveis já trabalham para identificar o problema e normalizar a situação. A Autarquia reforça também que todas as notificações de multas indevidas aplicadas nesse período no segmento serão anuladas posteriormente.

Atenciosamente,

Coordenação-Geral de Comunicação Social - DNIT

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.