SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Aprenda a acumular milhas >FAZER O CURSO!
Sábado, 24 de fevereiro de 2024
Geral

Tarô é buscado com mais frequência no fim do ano: "A maioria das pessoas quer saber sobre amor ou trabalho"

Sem uma origem bem definida, o que se sabe sobre o tarô é que é um jogo milenar, passa a ser ainda mais procurado no fim do ano. Em Tubarão, Vinícius Tobler começou a estudar as cartas por puro interesse e, hoje, atua como tarólogo.

Tubarão , 18/11/2021 14h01 | Por: Lara Silva | Fonte: Rádio Cidade Tubarão
Foto: Lara Silva/Rádio Cidade Tubarão

Sete de Paus, Cavaleiro de Ouro e Morte. Essas são apenas três das 78 cartas do tarô. Considerada uma ferramenta bastante complexa, os símbolos presentes nas cartas ajudam as pessoas a entender determinadas áreas da vida, como amor, trabalho e até saber sobre o futuro. O que começou como um hobbie com os amigos, hoje se tornou uma profissão para Vinícius Tobler, que também publicitário de Tubarão. Segundo ele, o tarô pode ser utilizado como benefício do próprio negócio. "É como um GPS, vai te mostrar vários caminhos para chegar no mesmo lugar. De um modo geral, serve como direcionador, te dá conselhos, fala sobre as perspectivas futuras... Trabalhamos com tendências, porque o futuro está sempre mudando. Conseguimos ter conselhos sobre amor, trabalho e todas as outras áreas da vida, inclusive do próprio tarólogo", admite.

Chamados de consulentes, quem busca o tarô pretende se autoconhecer e conseguir direcionamentos específicos. Para isso, existem duas alternativas: fazer perguntas objetivas ou a pessoa, caso se sinta mais à vontade, pode detalhar mais as informações. "Tem mês que surgem consulentes que já consultaram antes, mas também novos, que vêm com curiosidade e depois dão um feedback bem positivo. A maioria das pessoas vem falar sobre amor ou trabalho, são os mais procurados. O tarô trabalha com adivinhação, diferente da vidência. Se a gente tiver informações, conseguimos ampliar e aplicar melhor", explica.

publicidade

Para 2022, Vinícius tira apenas uma carta, intitulada de Diabo. Apesar do nome, as orientações, de acordo com o estudo, são boas: "Eu vejo um ano em que vamos aproveitar mais, dar mais valor para o hoje, a pensar um pouco menos no futuro. É sobre aproveitar os prazeres, para viver mais e se abrir mais para as coisas. Mas também vejo que é necessário tomar cuidado com as prisões, coisas que te prendem", alerta.

Hoje, o tarólogo trabalha com o sistema de sincronicidade, que é quando o profissional vai deixando as cartas caírem sobre a mesa.

Leia mais

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.