SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Aprenda a acumular milhas >FAZER O CURSO!
Domingo, 25 de fevereiro de 2024
Meio Ambiente

Mais cobras em ambientes urbanos: "Período reprodutivo e desmatamento", explica bióloga

Nos últimos anos, tem-se observado um aumento considerável no aparecimento de cobras em ambientes urbanos. Um dos fatores, além do período de reprodução, é o desmatamento.

Tubarão, 08/11/2021 16h25 | Por: Lara Silva | Fonte: Rádio Cidade Tubarão
Foto: Getty Images

Com a chegada de temperaturas mais elevadas, Santa Catarina está registrando crescimento nos casos de cobras em ambientes urbanos. Nos últimos dois anos, houve um aumento de 20% no aparecimento desses animais. Entre os fatores que influenciam está o período de reprodução, que vai até meados de março, quando as cobras saem para se alimentar, e o desmatamento. Segundo, Taciana Seemann, bióloga do Centro de Informação e Assistência Toxicológica de Santa Catarina, o CIATox, com a exploração dos habitats naturais, os animais buscam outros locais para se manter. "A gente percebeu um aumento tanto nos registros como acidentes. Por esses fatores e, também, as chuvas, que encharcam os ambientes em que esses animais estão. A nossa região tem o registro de duas espécias: jararaca e cobra-coral. Onde há mata e áreas rurais, existe um maior número de casos", afirma.

Taciana detalha os perigos do contato com essas duas espécies de cobras. Mesmo assim, já existe soro antiveneno. "No caso da jararaca, a picada causa dor bem intensa no local e pode haver um comprometimento renal. O veneno dela é hemorrágico. No caso da cobra-coral, atinge mais o sistema nervoso, podendo provocar insuficiência respiratória. Não temos muitos casos com esta, pois é uma cobra mais colorida, as pessoas normalmente visualizam e ela não dá bote. A jararaca não, ela se camufla no ambiente e é mais agressiva", explica. Em casos de picadas, é importante lavar o local com água e sabão e procurar assistência médica o mais rápido possível.

publicidade

Nos locais em que há maior possibilidade de encontrar esses animais, como em atividades rurais, de jardinagem ou trilhas, é importante utilizar equipamentos de proteção individual (peneira, sapatos abotinados e fechados e luvas de couro). Nas residências, a orientação é manter o lixo bem acondicionado, evitar restos de construção e entulho. Caso encontre ou tenha contato com esses animais, o telefone do CIATox é o 0800 643 5252.

Leia mais

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.