SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Aprenda a acumular milhas >FAZER O CURSO!
Sexta-feira, 01 de março de 2024
Política

Justiça manda deputado apagar postagem que orienta não pagamento da TPA de Bombinhas

A ação foi movida pela prefeitura de Bombinhas, alegando que Ivan Naatz (PL) instigou a população a descumprir norma municipal com informação falsa.

Bombinhas - SC, 11/11/2021 16h02 | Atualizada em 11/11/2021 16h48 | Por: Daiana Brocardo
FOTO: Rodolfo Espínola/Agência AL

O deputado Ivan Naatz (PL) tem 24 horas para tirar das redes sociais uma postagem que orienta a população a não pagar a TPA – Taxa de Preservação Ambiental de Bombinhas. O post foi feito no último domingo, (07) e alerta para a cobrança das taxas em atraso que estão sendo feitas pelo município. 


Segundo a juíza Angélica Fassini, da 2ª Vara da Comarca de Porto Belo, o deputado deve excluir a postagem Instagram e do Facebook, além de se abster de fazer novas publicações com o mesmo teor, sob pena de multa de R$ 10 mil por dia. 
Na decisão a juíza considerou que o deputado “de fato, veiculou em suas redes sociais informações falsas acerca da legalidade da Taxa de Preservação Ambiental”. A magistrada afirma que “por tratar-se de norma existente, válida e eficaz, cuja constitucionalidade e legalidade foram, inclusive, objeto de análise pelo Judiciário, nada obsta a cobrança da taxa dos cidadãos que ingressarem na cidade por meio de seu único acesso, pela Avenida Governador Celso Ramos, durante os meses de novembro a abril - constitui esse o fato gerador do tributo, segundo o art. 2º da norma em questão - e a inclusão dos nomes daqueles que restarem inadimplentes nos cadastros de restrição ao crédito”. Além disso a juíza entendeu que a postagem, de certo modo, incita a desobediência civil.  


O deputado Ivan Naatz respondeu por meio da seguinte nota que “vai aguardar a intimação oficial e, em seguida, tomar as providências devidas.” O deputado fala ainda que “respeita a decisão judicial, mas discorda do conteúdo e forma, observado o livre direito de expressão.”

 

 

publicidade


“A cobrança da TPA de Bombinhas, a meu juízo, é ilegal. Continuarei incansavelmente, por todos os meios legais, lutando pela sua extinção. Cabe lembrar ainda que, Proposta de Emenda Constitucional -PEC - de minha autoria , já aprovada  e promulgada pela Assembleia Legislativa impedirá  legalmente que diversos outros municípios catarinenses venham a cobrar taxas deste gênero, o  que só vem a onerar ainda mais o bolso do consumidor , além de prejudicar o seu direito constitucional de ir e vir,” explica o deputado. 

Saiba mais sobre o assunto:

https://sctododia.com.br/geral/polemica-em-torno-da-cobranca-da-tpa-atrasada-em-bombinhas-2239

 

 

Leia mais

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.