Sábado, 25 de maio de 2024
Política

Por que Criciúma não adota um município gaúcho?

Movimento entre prefeitos de Santa Catarina traz esse engajamento de solidariedade

Criciúma - SC, 15/05/2024 13h09 | Por: Érik Borges
Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Um movimento solidário surgiu nos últimos dias entre prefeitos de Santa Catarina, em todas as regiões. Esse movimento se caracteriza como um ato de "adoção" a um município gaúcho que tenha sido atingido pelas enchentes das últimas semanas. Na região, por exemplo, Cocal do Sul adotou a cidade de Bom Princípio (próximo da Serra Gaúcha), em uma iniciativa que visa unir a população em prol desta causa.

A cidade está precisando de eletrodomésticos e móveis. Além disso, necessita de água, donativos, roupas e ajuda de voluntários. Toda arrecadação será destinada à cidade e o PIX para doações é 28673893000155.

Mas por que Criciúma não adota um município gaúcho? A resposta do prefeito Clésio Salvaro, através de assessoria é que o município de Criciúma não tem condições de reerguer outros municípios. Segundo o chefe do Executivo, não há recursos financeiros para isso, pois eles são limitados à cidade. Mas, nos próximos dias, Criciúma irá enviar equipamentos para Canoas/RS. 

O município só espera a água reduzir o nível e melhores condições de trânsito para que os equipamentos sejam enviados. 

Veja as cidades catarinenses que tomaram a iniciativa no Estado:

Arroio do Meio adotada por Chapecó (SC) 
Guaíba adotada por Joinville (SC) 
Eldorado do Sul adotada por Bombinhas (SC) 
Estrela adotada por Blumenau (SC) e, também, por Osasco (SP) 
Nova Santa Rita adotada por Indaial (SC) 
Rolante adotada por Timbó (SC) 

publicidade

Leia mais

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.