SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Aprenda a acumular milhas >FAZER O CURSO!
Sábado, 24 de fevereiro de 2024
Saúde

Adeus, inchaço: alimentos e bebidas que combatem a retenção de líquidos

Veja como lidar com a retenção hídrica, evitá-la e combatê-la através de uma alimentação saudável e balanceada

Florianópolis , 28/11/2023 10h51 | Por: Redação | Fonte: Catraca Livre
Foto meramente ilustrativa-Freepik/Reprodução-SCTodoDia

A retenção de líquidos causa inchaço em algumas áreas específicas do corpo, principalmente entre as coxas, nádegas e abdômen.

As causas da retenção hídrica estão ligadas a uma drenagem dos fluidos linfáticos menos eficiente, a um desequilíbrio entre o sistema venoso e o sistema linfático, a uma eliminação lenta de toxinas que o nosso corpo acumula naturalmente.

Um desequilíbrio entre dois sais minerais específicos, o sódio e o potássio, também colabora com o inchaço.

E como combater o inchaço por retenção de líquidos?

Sem dúvida, um estilo de vida pouco saudável não ajuda em nada. A predisposição genética, o sedentarismo e uma alimentação incorreta, rica em sal ou alimentos refinados, podem causar ou agravar formas de retenção.

Por outro lado, praticar atividade física e escolher alimentos que promovam a eliminação do excesso de líquidos pode ser extremamente útil para evitar esta condição.

Retenção de líquidos: o que comer e beber?

Uma dieta cuidadosa e equilibrada podem ajudar a evitar ou neutralizar a retenção de líquidos e os seus efeitos. Mas, afinal, que alimentos devemos incluir no nosso plano alimentar?

publicidade

Fruta

Fonte de vitaminas e sais minerais, a fruta tem efeito diurético e drenante, essencial no combate à retenção hídrica. Em particular, maçãs, abacaxi, melancia e pêssegos  são ricos em água e ajudam a expulsar o excesso de líquidos e a manter a forma.

Legumes

Assim como as frutas, os vegetais (cozidos ou crus) também têm efeito diurético e drenante. Qual escolher? Para combater a retenção hídrica, o ideal é consumir regularmente alface, aspargos, alcachofras, pepinos, cenouras, cebolas, acelga, espinafre, escarola, erva-doce, chicória e tomate.

Grãos integrais

Ricos em fibras e pobres em gordura, os grãos integrais estimulam a atividade natural do intestino, são de fácil digestão e auxiliam na diurese.

Água

Para promover a drenagem do excesso de líquidos, nada mais eficaz do que a água, capaz de estimular a ação dos rins e ativar um processo de desintoxicação, essencial para evitar o aparecimento de retenção hídrica.

O ideal é beber sempre pelo menos dois litros de água por dia.

Retenção hídrica: o que evitar

O que devemos evitar em caso de retenção de água?

Sabemos que alguns alimentos dificultam ou retardam a expulsão de toxinas e excesso de líquidos, favorecendo o acúmulo e, portanto, a retenção hídrica. Quais são eles? Em particular:

Sal

Rico em sódio , o sal pode ser uma das principais causas de retenção hídrica; por isso é importante reduzir ao mínimo as quantidades na preparação dos nossos pratos.

Carnes curadas

Elas podem ser convidativas mas contêm uma quantidade de gorduras e sal que são prejudiciais em caso de acumulação e retenção de líquidos.

Alimentos ricos em gorduras saturadas

Para evitar o efeito “casca de laranja”, é melhor evitar carnes vermelhas e derivados, queijos excessivamente maduros, manteiga e molhos ultraprocessados.

Farinhas refinadas

Se sofre de retenção hídrica, é interessante reduzir o consumo de farinhas brancas e substituí-las por farinhas integrais e cereais não refinados.

Álcool

Causa inchaço e dificulta a eliminação de toxinas e excesso de líquidos, principalmente os destilados.

Açúcares e bebidas açucaradas

Assim como o sal, os açúcares provocam inchaço e, em grandes quantidades, ganho de peso, condição perfeita para o aparecimento da retenção hídrica.

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.