Quarta-feira, 29 de maio de 2024
Saúde

Antecipação da segunda dose da AstraZeneca/FioCruz não acontecerá em Santa Catarina

A decisão foi tomada por falta de insumos que deveriam ser entregues pelo Ministério da Saúde.

18/10/2021 22h16 | Por: Redação | Fonte: Prefeitura de Tubarão
Foto: Freepik

Por conta da falta de insumos do laboratório AstraZeneca/FioCruz, Santa Catarina não antecipará a segunda dose dos imunizantes contra a Covid-19 como era prometido. Apesar do Ministério da Saúde (MS) ter emitido uma nota prevendo a antecipação da segunda dose do laboratório, de 12 para oito semanas, a decisão não será mantida pois as doses não foram entregues ao Estado pelo MS.

Agora, o calendário vacinal contra a Covid-19 segue como antes, sem antecipações de grupos, e as vacinas disponíveis continuam sendo dos laboratórios Pifzer, AstraZeneca/FioCruz e Coronavac/Butantan.

Em Tubarão, é possível receber a vacina na Sala Central da Policlínica, das 8 às 12h, no Centro de Vacinação na Arena Multiuso, das 9 às 19h e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) que possuem sala de vacina, perante agendamento prévio.

publicidade

Saiba quais grupos podem se imunizar e o que é necessário portar para receber a aplicação do imunizante:

- Primeira dose da vacina para pessoas de 12 anos ou mais: documento de identificação com foto e Cartão do SUS; menor de idade e desacompanhado dos pais, deverá portar também uma declaração conforme o modelo em anexo;

- Segunda dose da vacina dos laboratórios Pifzer, AstraZeneca/FioCruz e Coronavac/Butantan: documento de identificação com foto, Cartão do SUS e comprovante de recebimento da primeira dose;

- Dose de reforço para idosos de 60 anos, ou mais, que fizeram a segunda dose há, pelo menos, seis meses: documento de identificação com foto, Cartão do SUS e comprovante de recebimento das duas doses anteriores;

- Imunossuprimidos acima de 18 anos que fizeram a segunda dose há, pelo menos, 28 dias: documento de identificação com foto, Cartão do SUS, comprovante de recebimento das duas doses anteriores e um laudo médico que indique a deficiência ou imunossupressão;

- Dose de reforço para trabalhadores de saúde que fizeram a segunda dose há, pelo menos, seis meses: documento de identificação com foto, Cartão do SUS, comprovante de recebimento das duas doses anteriores e comprovante de vínculo empregatício na área.

Leia mais

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.