SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Aprenda a acumular milhas >FAZER O CURSO!
Quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024
Saúde

Capivari de Baixo: após 2º mutirão do ano, cirurgia de catarata terá lista de espera zerada, diz secretário

O mutirão acontece até quarta-feira (24) com o último grupo de pacientes em fila de espera no município. O secretário de Saúde de Capivari de Baixo, Everson Martins, fala do assunto

Capivari de Baixo , 22/11/2021 20h21 | Atualizada em 23/11/2021 16h21 | Por: Redação | Fonte: Prefeitura de Capivari de Baixo
Foto: Pexels

Capivari de Baixo deve zerar a fila de espera para cirurgia de catarata após realizar 2° mutirão do ano. Cinquenta pacientes do município, que aguardavam na fila da cirurgia eletiva de catarata e que são atendidos pela prefeitura, através da secretaria de Saúde, devem realizar o procedimento no Hospital Nossa Senhora de Fátima (HNSF), em Praia Grande, com o transporte do grupo sendo feito pelo município.

De acordo com o município, mutirão segue até esta quarta-feira (24), quando o último grupo de pacientes completa a lista da fila de espera. Em 2004, a Política Nacional de Cirurgias Eletivas foi implementada pelo Ministério da Saúde, com o objetivo era de aumentar a disponibilidade de determinados procedimentos no país, como a cirurgia de catarata.

Em entrevista a Marcus Vinícius, no Jornal da Rádio Cidade - Edição das 13h desta terça-feira (23), o secretário de Saúde do município, Everson Martins, relata que 50 pessoas devem ser atendidas até o final da quarta-feira (24). Um outro mutirão foi realizado em maio com 30 cirurgias. “Demanda saúde é muito intensa, nos próximos dias ou meses essa fila pode voltar”, avalia. Ele acredita que o ano de 2022 será difícil para a saúde pública, por causa da quantidade de demanda reprimida em razão da pandemia. "A demanda vem à tona e pressiona o sistema de saúde, não se de Capivari, mas do estado e da federação”, avalia. Everson ainda ressalta que o município está buscando meios de zerar filas eletivas. 

Confira a entrevista completa:

 

 

publicidade

A cirurgia é feita através de ultrassons de alta precisão, sem abertura corneana, transformando a operação em um processo refrativo, oferecendo aos doentes excelentes resultados visuais, e somente com um tratamento, tornando o doente menos dependente de óculos. Na rede privada este procedimento costuma variar entre R$ 3,5 mil e R$ 14.

O tempo de espera para a realização do procedimento pelo SUS pode longo, ainda em 2017, o Conselho Federal de Medicina (CFM) publicou um levantamento com dados relativos ao número de pessoas na lista de espera para cirurgia de catarata em todo o país apontando um número de 113.185 pacientes, sendo o procedimento com o maior número de pessoas na espera.

Para ter acesso à cirurgia, é necessário ter o cartão do SUS e fazer o requerimento por meio de um médico. Com a solicitação em mãos, deve-se agendar o procedimento em um posto de saúde e aguardar na lista de espera.

 

 

Leia mais

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.