SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Quinta-feira, 02 de dezembro de 2021
Saúde

TCE determina que estado não renove com a OZZ Saúde, empresa que administra o SAMU

A precariedade dos serviços foi um dos principais motivos para o não prosseguimento com as atividades da administradora

Criciúma - SC, 27/09/2021 11h25 | Atualizada em 27/09/2021 11h42 | Por: Higor Romagna | Fonte: Rádio Cidade Em Dia
Foto: Divulgação

O Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE) determinou na última quinta-feira (23), através de seu Diário Oficial, que a Secretaria de Estado da Saúde (SES) não prorrogue o atual contrato com a empresa OZZ Saúde, responsável pela administração do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Além disso, estabeleceu que a Secretaria adote com urgência medidas para abrir uma nova licitação.

A precariedade dos serviços foi um dos principais motivos para o não prosseguimento com as atividades da administradora. Pneus carecas, equipamentos vitais quebrados, falta de equipamentos básicos de proteção individual. Estes são apenas alguns dos problemas enfrentados por profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, o SAMU, em Santa Catarina. O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, participou do programa Em Dia Com a Cidade desta segunda-feira (27) e enfatizou os possíveis desdobramentos que serão tomados.

 

publicidade

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.