SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Segunda-feira, 29 de novembro de 2021
SC

André Motta diz que não houve falta de vacinas, mas delay no registro entre doses repassadas e aplicadas

Algumas notícias foram veiculadas alegando que o Estado tinha registrado falta de mais de 600 mil doses do imunizante. O secretário de Saúde de SC, André Motta Ribeiro, esclarece o assunto

Santa Catarina, 02/09/2021 16h20 | Atualizada em 04/09/2021 08h45 | Por: Bárbara Dias | Fonte: Rádio Cidade Tubarão
Foto: Governo de Santa Catarina/Divulgação

Com prazo para finalizar a vacinação contra a Covid-19 de adultos em Santa Catarina no último dia 31, foram veiculadas algumas notícias alegando que o Estado tinha registrado falta de mais de 600 mil doses do imunizante. Em entrevista a Marcus Vinícius, no Jornal da Rádio Cidade - Edição das 13h desta quinta-feira (2), o secretário de Estado de Saúde, André Motta Ribeiro, afirma que Santa Catarina já distribuiu as doses necessárias para cobrir toda a população adulta, mais de 8 milhões. “Há um delay de informações entre o que foi repassado e o que foi aplicado”, justifica.

publicidade

Motta relata que o que tem acontecido é uma dificuldade de registro dessas doses por parte dos municípios. “Sabemos que eles estão trabalhando, mas tem dificuldade de registrar em um sistema adequado”, esclarece. Em relação a vacinação dos adolescentes, o secretário conta que houve um atraso na entrega dos imunizantes por parte do Ministério da Saúde. “Deve ser solucionado nos próximos dias”, relata.

Confira a entrevista completa:

 

 

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.