SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Invista no posicionamento digital da sua empresa com o Estúdio SContime!CLIQUE AQUI
Sexta-feira, 28 de janeiro de 2022
SC

Governo do Estado divulga balanço de ações sociais em Santa Catarina realizadas em 2021

Com a criação de diversos programas sociais, o governo afirma ter beneficiado milhares de catarinenses em situação de vulnerabilidade econômica.

28/12/2021 11h35 | Atualizada em 29/12/2021 14h45 | Por: Beatriz Godoy Taveira | Fonte: Governo de Santa Catarina
De acordo com o governo do Estado, até 15 mil pessoas foram beneficiadas com ações do programa Gente Catarina. Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Divulgação: Secom

Neste final de ano, o governo do Estado divulgou um balanço das ações realizadas pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social ao longo de 2021. Através da criação de ferramentas como o SC Mais Moradia e SC Mais Renda, com o objetivo de reduzir o déficit habitacional e melhorar a renda dos catarinenses, as ações do programa Gente Catarina beneficiou até 15 mil pessoas com o auxílio emergencial.

Além disso, mais mil famílias, em 61 municípios, que vivem em situação de extrema pobreza, puderam vislumbrar a futura construção de suas casas próprias. “Mais uma vez o Estado comprova seu empenho em cuidar das pessoas com dois programas que priorizam a habitação e a melhoria da renda. E tudo isso faz parte do Gente Catarina, uma importante iniciativa do governo do Estado”, afirma o secretário de Estado do Desenvolvimento Social (SDS), Claudinei Marques.

 

 

publicidade

Em parceria com as prefeituras, que são responsáveis pela doação dos terrenos e execução dos trabalhos, o SC Mais Moradia disponibilizou cerca de R$ 30 milhões neste fim de ano e mais R$ 70 bilhões já foram reservados para 2022. No momento, o projeto de orçamento foi enviado para análise e aprovação na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc).

Segundo o plano do SC Mais Moradia, as casas devem ter entre 45 e 50 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha e banheiro. O programa ainda garantirá a cessão de uso dos imóveis ficará em nome de mulheres para garantir que elas tenham mais segurança em caso de problemas domésticos. As casas serão custeadas pelo Estado a um preço de até R$ 70 mil a unidade e cedidas em regime de comodato para as famílias por um período inicial de até 10 anos.

 

 

Leia mais

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.