SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Segunda-feira, 18 de outubro de 2021
Segurança

Feirante de 36 anos é vítima de latrocínio na Grande Florianópolis

Jovem chegava em casa com a esposa quando foi surpreendido por dois bandidos que anunciaram o assalto. Depois de atirar e matar a vítima, dupla fugiu com dinheiro e outros pertences

Florianópolis, 10/10/2021 12h00 | Atualizada em 10/10/2021 12h30 | Por: Fabricio Correia | Fonte: Polícia Militar
Arquivo Pessoal

O crime ocorreu por volta das 20h de sexta-feira (08) na rua Manoel Eduardo Cardoso, no bairro Bela Vista em São José. Dioney Vieira de 36 anos de idade, foi atingido por disparos ao chegar em casa com o seu caminhão na companhia da esposa após um dia de trabalho, quando acabou rendido por dois bandidos, pelo menos um deles, armado. Baleado na cabeça, o feirante morreu na hora.

A dupla, que se aproximou da vítima numa motocicleta, rapidamente anunciou o assalto. A polícia suspeita que Dioney, ao se assustar com a cena, pode ter feito algum movimento que possa ter levado à uma impressão de ter reagido. "Os assaltantes levaram uma quantia em espécie, uma máquina de cartões e o celular do feirante"; disse o comandante do 7º Batalhão de Polícia Militar de São José, tenente-coronel André Rodrigo Serafin.

Segundo o oficial, a esposa da vítima tinha acabado de entrar em casa quando Dioney teria ficado próximo ao portão com os dois cachorros do casal, momento em que foi abordado. A mulher não sofreu ferimentos.

Além de amigos e familiares, o crime chocou e revoltou milhares de pessoas nas redes sociais. Muitas delas se manifestaram para pedir justiça. "Mais um trabalhador tem a vida ceifada por bandidos covardes em questões de segundos, poderia ser qualquer um de nós no lugar desse feirante. Até quando teremos que lidar com tamanha impunidade?" Desabafou uma delas.

publicidade

Uma irmã de Dioney postou no Instagram: "Inacreditável, partida repentina meu irmão! Descanse em paz, te amaremos eternamente"; escreveu.
De acordo com a polícia, uma motocicleta abandonada foi encontrada e levada para a perícia. Suspeita-se que o veículo tenha sido usado na ação criminosa.

Além disso, imagens de monitoramento da cidade, flagraram um suspeito que correu logo após ao latrocínio. "As gravações podem contribuir com as investigações"; disse Serafin.

Amigos informaram que Dioney Vieira era adepto do automobilismo. Ele tinha uma paixão por carros e trabalhava desde a adolescência, de acordo com relatos de pessoas que o conheciam e o admiravam. Além da esposa, ele deixou os pais e três irmãos, uma mulher e outros dois homens.

O corpo da vítima está sendo velado no cemitério da localidade de Vargem Grande em Águas Mornas, na Grande Florianópolis. O sepultamento está marcado para às 16 horas deste domingo, dia 10 de Outubro.

"Nada vai trazê-lo de volta agora, o que esperamos é que realmente a justiça seja feita para amenizar a nossa dor", disse um familiar.

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.