SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Domingo, 05 de dezembro de 2021
Segurança

Mulher é morta a tiros pelo marido em Camboriú

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu após uma discussão por motivo fútil. Esse é o primeiro feminicídio na cidade de Camboriú nesse ano.

Camboriú - SC, 02/10/2021 09h20 | Por: Daiana Brocardo | Fonte: Polícia MiIitar
Imagem ilustrativa / Freepik

Uma mulher de 32 anos morreu depois de ser atingida por um tiro no peito, disparado pelo marido, na cidade de Camboriú. O crime foi por volta das 21h de sexta-feira (01), no bairro Conde Vila Verde. Segundo informações da Polícia Militar, a PM só foi acionada quando a vítima já estava no hospital de Camboriú.

A mulher foi levada até o pronto socorro por familiares e o próprio marido, que fugiu em seguida. Ela recebeu atendimento médico, mas não resistiu ao ferimento. Testemunhas relataram aos policiais que o casal discutiu por motivo fútil, e logo em seguida ouviram o disparo. A PM informou ainda que o homem de 35 anos, autor do crime, já tem passagens por duas tentativas de homicídio, resistência e desacato; mas não há nenhum registro oficial de violência doméstica.

publicidade

Durante buscas no local dos fatos, foi encontrada a arma do crime, um revólver cal 357, com três munições intactas e uma deflagrada. Até o início da manhã deste sábado o homem não sido localizado.

Esse foi o primeiro feminicídio do ano de 2021 registrado na cidade de Camboriú.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina, só no primeiro semestre de 2021 foram registrados em Santa Catarina, 22 casos de feminicídio. Durante o ano passado, foram 57 casos. O levantamento do Anuário Brasileiro de Segurança Pública aponta um número ainda mais triste: uma mulher foi assassinada a cada sete horas no Brasil por sua condição de gênero, durante o ano de 2020. No total, foram registrados 1350 casos de feminicídio no país.

 

Violência doméstica - como pedir ajuda?

Conheço uma vizinha que foi agredida. Para onde ligar? 

Ligue 180 – Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência

Ligue 100 – Central de denúncia de violência contra a mulher e outros grupos

181 – Polícia Civil

Conselho Estadual dos Direitos da Mulher: (48) 3664-0643

Ele chegou em casa e me espancou. Para onde ligar?

190 – Polícia Militar (Rede de vizinhos e Rede Catarina )

192- SAMU

193 – Bombeiro

Sinal Vermelho

A vítima pode falar que "precisa de máscara roxa" ou mostra um "X" desenhado na mão ou em qualquer pedaço de papel em farmácias.

Rede Catarina

Rede Catarina é um programa da Polícia Militar direcionado a prevenção da violência doméstica e familiar. Saiba mais em www.pm.sc.gov.br/paginas/rede-catarina

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.