SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Aprenda a acumular milhas >FAZER O CURSO!
Domingo, 25 de fevereiro de 2024
Social

Famílias recebem cestas básicas: “Todos merecem uma boa condição de vida”, diz vice-prefeita de Capivari

Nesta quinta-feira (11), a prefeitura de Capivari de Baixo deu início à entrega de cestas básicas a famílias em vulnerabilidade social. As doações foram feitas pelo Ministério Público do Trabalho.

Capivari de Baixo, 12/11/2021 09h11 | Atualizada em 12/11/2021 21h28 | Por: Lara Silva | Fonte: Rádio Cidade Tubarão
Foto: Lara Silva/Rádio Cidade Tubarão

Ao todo, 350 famílias, atendidas pelo CRAS de Capivari de Baixo, receberão cestas básicas através da Secretaria de Assistência Social e da Família. Na manhã de hoje, 120 já puderam levar para suas casas o primeiro dos três kits que estão programados também para os meses de dezembro e janeiro. Nesta sexta, outro grupo de 120 famílias será contemplado. As cestas foram doadas pelo Ministério Público do Trabalho, como explica a responsável pela pasta no município, Samira Porto. “As pessoas que foram chamadas individualmente são cadastradas. Fizemos grupos de 60 pessoas, para não gerar aglomeração. Temos que trabalhar cada dia mais, para melhorar a qualidade de vida das pessoas, que foram impactadas, ainda mais, pela pandemia”, lamenta.

Precisando cuidar sozinha dos filhos, Aline Mendes diz que, além das despesas com comida, água e luz, ela precisa pagar aluguel. “Atende muito a minha família. Sou sozinha e crio meus três filhos, inclusive um deficiente. Para nós, é importante ganhar essa cesta, porque eu só recebo um salário mínimo e ainda preciso pagar aluguel. Por precisar cuidar do meu menino, não posso trabalhar”, explica.

Também atendido pelo CRAS, Jucemar de Souza admite que essa cesta vem para amenizar as dificuldades. “É uma alegria imensa. Posso dizer que é uma benção em nosso lar. Minha família depender da minha renda, que é de R$ 630, porque tem desconto de empréstimo”, confessa.

 

publicidade

Presente na entrega, a vice-prefeita, Márcia Cargnin, lamenta que esse serviço precise ser feito no município. Para ela, o mundo ideal era que todas as famílias conseguissem ter, pelo menos, o básico em suas casas. “O que eu verdadeiramente vejo e que não gostaria que precisássemos ter esse dia, porque todo cidadão deveria ter a sua condição de vida, o seu emprego, seu salário. Isso até me deixa um pouco triste, mas eu agradeço muito o trabalho da nossa equipe. Mesmo com tudo aquilo que a gente não queria que existisse, sei que conseguimos amenizar o sofrimento de muitas famílias”, relata.

Para finalizar as 350 famílias, nos dias 16 e 17 de novembro, as últimas 110 farão a retirada da cesta básica.

Leia mais

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.