SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

A concorrência cresce no digital e sua empresa não tem presença online?EVOLUA!
Quinta-feira, 07 de julho de 2022
Social

Projeto Ecoa recorta as dores das violências machistas em exposição

Em obras de papel cortadas a mão com bisturi, as cenas de assédio ganham forma, e levam o público a pensar sobre o impacto de suas falas – ou melhor, o eco da dor que causam, como define a autora do projeto

Criciúma - SC, 24/05/2022 17h40 | Atualizada em 26/05/2022 17h45 | Por: Redação | Fonte: Rádio Cidade Em Dia
Foto: Sérgio Vignes

A artista plástica Ana Terra Vignes é a criadora do Projeto Ecoa – Recortando a Dor, exposição virtual que faz provocações ao público por meio do compilado de agressões verbais que integram o cotidiano da maioria das mulheres.

Em obras de papel cortadas a mão com bisturi, as cenas de assédio ganham forma, e levam o público a pensar sobre o impacto de suas falas – ou melhor, o eco da dor que causam, como define a autora do projeto.

O objetivo da exposição é possibilitar que homens e mulheres tomem consciência dos papéis que ocupam ao se deparar com frases que dizem ou escutam com naturalidade. O caminho proposto é o de cura: seja para a mulher que se reconheça vítima de violência psicológica e possa trabalhar suas feridas abertas, ou para o homem que se reconheça agressor e busque a mudança de ações.

Camada por camada, com cortes precisos, as peças do Projeto Ecoa tomaram materialidade. As cinco obras apresentam temas como a opressão religiosa sofrida por mulheres dentro do matrimônio, as farpas do egocentrismo masculino, o enfrentamento da solidão, o peso da maternidade e a imposição dos padrões de beleza sobre os corpos.

Ana participou do programa A Casa é Sua desta terça-feira (24) e contou detalhes sobre o projeto.

 

publicidade

 

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.