Sábado, 18 de maio de 2024
Tempo

Queimadas na Amazônia criam corredor de fumaça e afetam o Rio Grande do Sul

Essa é a primeira vez que o território gaúcho será afetado pelas queimadas em 2023

Porto Alegre - RS, 21/09/2023 15h00 | Por: Redação
Foto: Divulgação/SCTodoDia

O Estado do Rio Grande do Sul está sofrendo pela primeira vez no ano de 2023, uma consequência das queimadas vindo da região amazônica, que criou um corredor de fumaça. Dados divulgados por um satélite confirmam o corredor alcançando o território gaúcho.

Através de imagens de satélite, é notável que maior concentração de aerossóis está sobre o Amazonas. A região apresentou um número fora do comum durante este mês, como um foco “especial” que é chamada pelas autoridades de “arco do desmatamento”.

Segundo dados, divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, a região amazônica, teve nos primeiros 20 dias de setembro, foram identificados 5.224 de focos de calor. Este número supera uma média histórica de 3.003 (1998-2022).

O Rio Grande do Sul deve sofrer com o corredor de fumaça até o final de semana. Uma vez, que este período pode prosseguir, por causa da influência de uma corrente de vento em baixos níveis.

Esses ventos, é um corredor de jato de baixos níveis, que estão aproximadamente a 1.500 metros de altitude, e tem sua origem na Bolívia. Por este motivo, o território gaúcho sofrerá também com a r quente e forte calor.

publicidade

Leia mais

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.