SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Segunda-feira, 29 de novembro de 2021

COLUNISTAS

Lara Silva

Sobre demissões e ser ‘insubstituível’

15/09/2021 21h25 | Atualizada em 24/09/2021 16h11 | Por: Lara Silva

O que a demissão do jornalista Evaristo Costa pode nos ensinar sobre carreira e 'ser insubstituível'?

“Desde o dia 1º de setembro descobri que não faço mais parte da CNN. […] assistindo a nova chamada de programação da emissora notei a falta do meu programa. Liguei para saber o motivo e fui informado que ele havia sido retirado da grade e que a empresa não tinha mais interesse nos meus serviços”, dizia trecho do ‘desabafo’ (ou indignação ou prestação de contas) de Evaristo em seu perfil do Instagram.

 Ao ler isso, lembrei de uma frase que um dia me falaram: “você não é insubstituível, seu trabalho não é insubstituível”. Talvez essa frase seja dura, mas é a realidade. A empresa que trabalhamos hoje não existe por nossa causa. Se cansarem do nosso serviço, logo encontram outra pessoa para nos substituir. Pessoas tão boas ou melhores que nós. Entender que nossa carreira não gira em torno do cargo que ocupamos hoje é fundamental para não sermos pegos de surpresa caso também sejamos demitidos.

Saber lidar com isso é necessário, porque, além de viver com os pés em terra firme, faz com que aprendamos a não ser refém de um cargo, a ser pessoas mais honestas em nossas decisões. Saber dizer ‘não’ quando algo é inviável, não fazer alguma coisa apenas por conveniência (dos outros). Podemos ser os melhores funcionários do mundo (dentro do nosso significado de ‘melhor’, é claro) mas nunca – nunca mesmo! – seremos insubstituíveis.

Confira esse tema em formato podcast:  

 

publicidade

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.