SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Invista no posicionamento digital da sua empresa com o Estúdio SContime!CLIQUE AQUI
Terça, 24 de maio de 2022

COLUNISTAS

Eduardo Mota Pereira

BRs catarinenses: uma história de abandono e negligência

29/01/2022 08h00 | Atualizada em 18/02/2022 18h22 | Por: Eduardo Mota Pereira
Imagem: Pexels

Quem é morador de Santa Catarina sabe muito bem que as condições das rodovias federais no estado são um problema histórico. Além da péssima conservação, muitas estradas não são sequer duplicadas, ou estão com suas obras arrastadas por muito tempo, como é o caso da BR-470. Aqui no sul, temos a BR-285, a rodovia da Serra da Rocinha, que liga nossa região com a serra gaúcha e que há séculos passa por intermináveis obras.

Essas condições de nossas rodovias, além de prejudiciais para a economia do estado, que sofre com a infraestrutura precária, são também bastante perigosas para quem trafega por elas, com notícias de acidentes, algumas vezes fatais, tornando-se uma rotina por aqui.

Sendo assim, esse problema deve ser tratado com muita prioridade, certo? O poder público federal deve lidar com a questão com muita seriedade, correto? Bem, não. Nos últimos dias, Jair Bolsonaro anunciou um corte de cerca de R$ 40 milhões em recursos para a infraestrutura de Santa Catarina. E o pior, ainda reclamou, em seu cercadinho, falando com apoiadores, que parte da imprensa catarinense está “esculhambando” ele devido a esse corte. Bolsonaro justifica, afirmando que o orçamento aprovado pelo parlamento está acima da previsão de receita, e que foram R$ 3 bilhões que ele cortou do país inteiro.

 

Independente de qual seja a razão desse corte, a verdade é que não é a primeira vez em que o governo Bolsonaro reduz recursos para infraestrutura de Santa Catarina, que possui sérios problemas já supracitados. Em maio de 2021, houve um corte de 136 milhões para as rodovias catarinenses, que mobilizou autoridades do estado na tentativa de reaver esse dinheiro. Ainda em 2021, já em dezembro, teve outro corte, de R$ 40 milhões.

E o pior de tudo, é que Santa Catarina é o estado onde Bolsonaro foi eleito com o maior percentual de votos em 2018, e segue sendo a unidade federativa onde ele encontra o maior número de apoiadores. Santa Catarina também está entre os estados que mais arrecadam tributos federais e entre os que menos recebem retorno em repasses da União. Mas, para Bolsonaro, servimos apenas para motociatas, férias, e claro, para darmos votos a ele.

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.