SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Segunda-feira, 29 de novembro de 2021

COLUNISTAS

Rafael Matos

Greve dos caminhoneiros: decisão fica para depois de 16 de outubro

02/10/2021 15h08 | Atualizada em 04/10/2021 14h04 | Por: Rafael Matos
Paralisação dos caminhoneiros ocorrida em 2018 na Rodovia Presidente Dutra, no Rio de Janeiro. Foto Tânia Rêgo/Agência Brasil

Uma nova greve dos caminhoneiros está descartada para a primeira quinzena de outubro. Se acontecer, será somente após 16 de outubro, data em que está prevista uma reunião entre representantes dos sindicatos, associações da classe e cooperativas envolvidas.

No programa Estúdio Cidade deste sábado (2/10) conversei com o presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Bens de Rio Grande (Sindicam-RS), Jair Marques. Ele falou sobre as dificuldades do setor e sobre o efeito cascata que ocorre quando há aumento nos custos do transporte.

“Quando repassa, o aumento do combustível no frete, às gôndolas dos supermercados aumentam. O mais negativo disso é que envolve a especulação do comércio sobre o produto e isso desencadeia no aumento de preço dos mesmos”, afirma.

Na última terça-feira (28/9), a Petrobras anunciou o reajuste no preço do diesel para as distribuidoras. Com isso, o preço médio de venda passará de R$ 2,81 para R$ 3,06 por litro, ou seja, aumento de R$ 0,25. Em comunicado, a petroleira informou que o ajuste é importante para “garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras”.

 

publicidade

Confira a íntegra da entrevista:

 

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.