Sábado, 25 de maio de 2024

COLUNISTAS

Katiane Vieira

5 fatos sobre motivação que muitas vezes são incompreendidos

10/04/2024 09h00 | Por: Katiane Vieira

Motivação é frequentemente vista como a chama que impulsiona indivíduos a alcançarem seus objetivos e superarem obstáculos. Considerada uma força motriz essencial para o comportamento humano, é um tema amplamente discutido tanto na psicologia quanto na neurociência.  

Poucos sabem, mas a motivação origina-se de complexas redes neuroquímicas, e é construída ao longo do tempo, começando nos primeiros anos de vida. Estes sistemas cerebrais que governam a motivação são influenciados por uma combinação de nossas experiências e genética, desempenhando um papel crucial no desenvolvimento humano e na capacidade de alcançar metas pessoais e profissionais.  

No entanto, existem diversos mitos e mal-entendidos que cercam este conceito essencial. A seguir, exploramos cinco fatos científicos sobre motivação que são frequentemente incompreendidos, desvendando a verdadeira natureza deste poderoso motor humano. 

 

Fato 1: Motivação não é constante 

Primeiramente, é crucial entender que a motivação não é uma força constante ou inabalável. Diferentemente do que muitos acreditam, é natural que nossos níveis de motivação flutuem em resposta a variados fatores externos e internos. Este entendimento é vital!  

É um fato que, quando você entende, reconhece e aceita os altos e baixos da motivação, você para de se culpabilizarem por não se sentir sempre motivado. Além disso, reconhecer essa variação pode levar à adoção de estratégias para reacender a motivação quando necessário. 

 

Fato 2: Motivação intrínseca versus motivação extrínseca 

Outro ponto frequentemente mal compreendido é a distinção entre motivação intrínseca e extrínseca. A motivação intrínseca origina-se de dentro de cada um de nós, baseando-se no prazer e na satisfação derivados da atividade em si.  

Em contrapartida, a motivação extrínseca é impulsionada por fatores externos, como recompensas ou reconhecimento. Compreender essa distinção é fundamental, pois cada tipo de motivação tem seus benefícios e desafios, e a chave para uma vida produtiva e feliz pode estar no equilíbrio entre as duas. 

Ademais, o ambiente em que vivemos e trabalhamos pode ter um grande impacto em nossa motivação. Um ambiente estimulante, que oferece apoio e recursos (motivação extrínseca), pode potencializar a motivação, enquanto um ambiente tóxico ou desmotivador pode drená-la. Portanto, é essencial criar e procurar ambientes que nos inspirem e apoiem nossos esforços. 

Leitura sugerida: Automotivação: Como motivar a si mesmo!  

 

Fato 3: Complexidade da motivação e papel das emoções 

A motivação é influenciada por uma gama de fatores que incluem, mas não se limitam a estado emocional, contexto social e condições físicas. Esta complexidade significa que não existe uma abordagem única para todos quando se trata de motivar indivíduos. As intervenções para melhorar a motivação devem ser personalizadas e considerar a interação entre diferentes influências. 

Além disso, as emoções desempenham um papel significativo na motivação. Muitas vezes, subestimamos como sentimentos de alegria, medo, tristeza ou raiva podem influenciar nossa motivação. Por exemplo, o medo do fracasso pode ser tanto um motivador quanto um inibidor. Portanto, é importante reconhecer e entender nossas emoções, pois elas podem fornecer insights valiosos sobre nossas fontes de motivação. 

Leitura sugerida: Como desenvolver a Inteligência Emocional  

Fato 4: Limitações da recompensa previsível 

Contrariamente à crença popular, dar uma recompensa previsível pode não ser suficiente para sustentar a motivação a longo prazo. Pesquisas indicam que a previsibilidade da recompensa pode, eventualmente, levar à satisfação e diminuir a motivação. Isso sugere a necessidade de estratégias de motivação mais dinâmicas, que mantenham o interesse e o engajamento ao variar os tipos de recompensas e reconhecimento. 

 

Fato 5: Motivação e autocompreensão 

Por último, mas não menos importante, é um fato frequentemente ignorado: a motivação está intrinsecamente ligada à autocompreensão. Compreender nossos valores, paixões e metas é crucial para manter uma motivação autêntica e duradoura.  

Quando as pessoas alinham suas atividades e metas com seus valores internos, elas encontram uma fonte de motivação duradoura e profunda. Esse autoconhecimento nos permite alinhar nossas ações com o que verdadeiramente valorizamos, fornecendo uma fonte de motivação consistente e significativa.  

Em suma, a motivação é uma força complexa e multifacetada que varia de pessoa para pessoa. Desmistificar os equívocos comuns sobre a motivação pode não apenas melhorar a compreensão individual, mas também aumentar a eficácia com que buscamos nossos objetivos. Ao reconhecer e abraçar a natureza dinâmica da motivação, podemos encontrar caminhos mais claros e sustentáveis para a realização pessoal e profissional. 

A propósito, como anda o seu nível de motivação? 

Katiane Vieira

Desenvolvimento 360º

Escritora, treinadora e palestrante com foco em mudança de comportamento. Graduada em marketing, mestre em gestão de negócios e gestão de pessoas, várias formações e especializações em ciência do comportamento como: psicologia positiva, mindfulness, liderança, autoconhecimento, inteligência emocional, programação neurolinguística (PNL), coaching e neurociência do comportamento. Autora de vários livros sobre desenvolvimento humano e fundadora do Método E.C - Expansão da Consciência.

Opiniões do colunista não representam necessariamente o portal SCTODODIA.com.br

VER COLUNAS
SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.