Sábado, 25 de maio de 2024
Segurança

Médico confirma: jovem morreu por suposto espancamento pela PM que gerou infecção generalizada

Pai da vítima exige que gravação das câmeras dos policiais seja divulgada

Içara - SC, 12/04/2024 10h17 | Por: Érik Borges
Foto: Divulgação / Arquivo pessoal

Divulgada a certidão de óbito de Jhonatan Votri, ficou comprovado: espancamento gerou infecção generalizada e morte da vítima. A descrição do documento deixa claro: "Vítima de agressão física, evolui com septicemia de origem pulmonar, ocasionando o óbito". 

A reportagem do Portal SCTodoDia entrevistou um médico de Içara, município onde o jovem foi agredido, e o Doutor, que prefere não se identificar, explica que o paciente morreu por diversos focos de pneumonias, disseminadas por agressões. "Alguma coisa que fez com que ele tivesse esses focos, e fez uma septicemia e morreu. Começou no pulmão, e no pulmão foi onde ele teve mais lesões", diz o médico.

Seguindo a leitura da certidão de óbito, o Dr explica que as agressões geraram múltiplos focos de infecção pulmonar aguda. "Alguma agressão naquela semana, resultou na lesão, essas lesões originárias, talvez ele fez algum foco de infecção dentro do hospital onde ele estava sendo tratado e aí se disseminou, fez septicemia (infecção generalizada) e morreu", conclui o Dr.

Pai clama por justiça

Ouça o que diz Richard Votri, pai de Jhonatan Votri:

 

publicidade

Relembre o caso

Um jovem de 25 anos sentado em uma cadeira dentro do hospital, com o rosto desfigurado. A vítima é Jhonatan Marques Votri, que morreu no hospital após ser supostamente espancado no centro de Içara por policiais militares. 

Jhonatan deixa dois filhos. Em um vídeo gravado por algum familiar ou amigo de Jhonatan, mostra o jovem sentado, machucado e sendo abanado. A pessoa do vídeo conta que ele foi espancado pela PM e pede que providências sejam tomadas. 

Logo após, um áudio é enviado a alguém no whatsapp. Dessa vez, o relato do familiar chorando, avisando que Jhonatan não resistiu aos ferimentos internos aos órgãos. Jhonatan morreu no hospital. Um laudo sobre a causa morte deve sair ainda nesta semana.

Polícia Militar abre sindicância sobre o caso

Conforme o tenente-coronel Eduardo Moreno Persson, comandante da PM de Içara, a Polícia Militar recebeu a denúncia do Jhonatan sobre uma abordagem com agressão. "Já iniciamos as investigações para apurar o ocorrido. Nessa manhã recebemos a triste notícia da morte do jovem. Agora, seguimos com as investigações, estamos analisando imagens de câmeras de segurança e ouvindo testemunhas. Se for confirmada alguma relação com a abordagem, todas as medidas necessárias serão tomadas", garante o comandante Moreno.

Nota oficial da PMSC

"A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), através do 29º Batalhão PM, vem esclarecer que:
- Na segunda-feira (08.04.2024) foram recebidos na sede do 29º BPM em Içara o jovem Jhonatan Marques Votri, 25 anos, acompanhado de seu pai. O mesmo relatou ter sofrido agressões em uma abordagem policial de rotina ocorrida na madrugada de sexta para sábado (05 e 06.04.2024), na qual, inclusive, resultou na lavratura de um Termo Circunstanciado, em desfavor de Jhonatan. Prontamente foram iniciadas diligências e instaurado o Inquérito Policial Militar.
- Na data de hoje (10.04.2024), a Polícia Militar tomou conhecimento, através das redes sociais que Jhonatan Marques Votri havia falecido. Diante dos fatos, foram colhidos mais elementos de informação, como imagens de câmeras, arrolamos testemunhas e está sendo aguardando o laudo pericial do IGP, acerca da causa mortis, para que as devidas providências de apuração correta dos fatos possam ser realizadas. 
Sendo assim, PMSC envida todos os esforços para elucidar o mais brevemente os fatos a cerca da referida ocorrência.

29º BPM – Polícia Militar de Santa Catarina."

Leia mais

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.