SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Invista no posicionamento digital da sua empresa com o Estúdio SContime!CLIQUE AQUI
Quarta-feira, 25 de maio de 2022
Esportes

Liga dos Campeões: apesar de partida sensacional diante do Real Madrid, Chelsea acaba eliminado e Villareal surpreende Bayern

Campeão da Liga Europa na temporada passada, o Villarreal voltará a disputar uma semifinal da Liga dos Campeões após 16 anos

Madri - ESP, 12/04/2022 21h05 | Por: Redação | Fonte: ESTADÃO Conteúdo
Foto: Divulgação

O Chelsea não conseguirá defender o título da Liga dos Campeões conquiaatado na última temporada. Depois do revés sofrido, após uma apresentação gigantesca em visita ao Real Madrid, no Santiago Bernabéu, nesta terça-feira, 13. Derrotado por 3 a 1 na Inglaterra, o time de Thomas Tuchel chegou a abrir 3 a 0 na Espanha, levou um gol no fim do tempo normal e acabou caindo na prorrogação com um gol do artilheiro Benzema definindo a derrota por 3 a 2 que foi bastante comemorada pelo time espanhol com vaga nas semifinais.

Foi o 12º gol de Benzema em nove aparições na atual edição da Liga dos Campeões. Herói com hat-trick em Londres, o francês de 34 anos novamente causou pesadelo aos ingleses. O cruzamento de Vinícius Júnior foi com precisão na cabeça do artilheiro, que evitou uma virada histórica nas quartas de final. Mesmo derrotado, os merengues avançaram com 5 a 4 na soma dos dois jogos e aguardam Manchester City ou Atlético de Madrid.

Tomas Tuchel disse na véspera do duelo que era "improvável" uma reviravolta do Chelsea após levar 3 a 1 em casa. Mas prometia um time empolgado no Santiago Bernabéu. E o começo do confronto de volta comprovou suas palavras, com ingleses mostrando o motivo de serem o atual campeão.

Aos 15 minutos, Timo Werner entregou a bola para Mason Mount que bateu firme para abrir o marcador, deixando a vantagem dos espanhóis em somente um gol. Mais uma bola na rede e a definição iria para a prorrogação. 

publicidade

O intervalo era a chance de Carlo Ancelotti ajustar o Real Madrid, até então lento e com postura bem diferente da esperada para uma equipe com 13 títulos da Liga dos Campeões. A apatia seguiu e a igualdade no confronto veio logo aos 5 minutos. Mount cobrou escanteio na cabeça de Rudiger e 2 a 0 no placar. Como não há mais o gol como visitante, o agregado marcava 3 a 3.

Aos 30 do segundo tempo, o que parecia impossível, aconteceu. Kovacic lançou Timo Werner, que deixou Casemiro no chão, passou por Alaba e reverteu o confronto com o terceiro gol no Santiago Bernabéu. Quem necessitava reagir agora era o time merengue. Ancelotti optou pelos brasileiros Marcelo e Rodrygo e foi premiado rapidamente. Kanté saiu jogando errado, Marcelo tocou para Modric cruzar e Rodrygo, em seu primeiro toque na bola, descontar, aos 35.

O gol no fim do segundo tempo acabou se tornando um golpe bastante duro depois de muita luta do Chelsea na partida. Logo no início da prorrogação, Vinícius Júnior recebeu livre pela esquerda e mandou na cabeça de Benzema. Gol do Real e fúria de Tuchel, até então jogando e vibrando com a equipe. As tentativas de retomar a chance de disputar as semifinais seguiram até o fim, contaram inclusive com a subida do goleiro para tentar cabecear em cobrança de escanteio, mas não teve jeito. O imbitumbense, Jorginho mandou a chance definitiva para fora e a festa acabou sendo merengue depois de um imenso sufoco. 

Villarreal empata no fim e conquista classificação na casa do gigante alemão

O ataque avassalador do Bayern de Munique, comandado pelo atual melhor jogador do mundo, Robert Lewandowski, não superou a vontade do Villarreal na disputa das quartas de final da Liga dos Campeões. Depois de uma vitória por 1 a 0 no El Madrigal, o time espanhol arrancou um empate por 1 a 1 na Allianz Arena, nesta terça-feira, evitou a prorrogação e fez história ao se classificar às semifinais do torneio europeu.

Campeão da Liga Europa na temporada passada, o Villarreal voltará a disputar uma semifinal da Liga dos Campeões após 16 anos. A última vez que isso aconteceu foi em 2006, edição na qual ficou de fora da final após ser eliminado pelo Arsenal de Thierry Henry e Ljungberg.

Com a missão de não sofrer gols, o time espanhol, após resistir bravamente, cedeu aos seis minutos do segundo tempo, em um lance no qual saiu jogando errado e entregou a bola ao Bayern, que acelerou o ritmo para aproveitar o momento de desorganização defensiva do adversário. Na conclusão da jogada, Lewandowski recebeu de Muller na entrada da área, ajeitou para o lado e achou espaço entre dois marcadores para chutar e abrir o placar.

Enquanto o Bayern se fazia presente no campo de ataque, na missão de matar o jogo, o time espanhol aguardava a oportunidade do contra-ataque. Quando a teve, não desperdiçou. O cronômetro marcava 42 minutos da etapa final quando o Villarreal encaixou a transição perfeita, em troca de passes rápida que acabou com Chukwueze marcando o gol do empate, e da classificação, após cruzamento rasteiro de Moreno.

Leia mais

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.