SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Quarta-feira, 08 de dezembro de 2021
Saúde

Cerca de 30 mortes são investigadas por ter relação com bactéria multirresistente no HNSC

O hospital está sendo assistido e cobrado pela Vigilância Epidemiológica do Estado para apresentar alguma ação mais efetiva no combate de uma bactéria multirresistente mais presente na UTI

Tubarão, 29/09/2021 11h37 | Atualizada em 30/09/2021 08h34 | Por: Isadora Zarbato | Fonte: Rádio Cidade Tubarão
Foto: HNSC/Divulgação

Há mais de 20 dias o Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Tubarão, está sendo assistido e cobrado pela Vigilância Epidemiológica do Estado para apresentar alguma ação mais efetiva no combate de uma bactéria multirresistente mais presente na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A situação é preocupante, pelo menos 30 mortes estão sendo investigadas com suspeita de haver alguma correlação. Entramos em contato com a Prefeitura de Tubarão e com a Secretária de Estado da Saúde, que até o momento não se manifestaram.

publicidade

Nota da instituição:

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu no dia 01 de setembro um comunicado de risco para todas as instituições de saúde do país sobre a informação de registro de casos de Pseudomonas Aeruginosa resistente a carbapenêmicos associada aos genes blaKPC e blaNDM. A solicitação pedia o reforço e a vigilância em todos os serviços de saúde a estes agentes.

No Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão, foram enviadas amostras ao LACEN - Laboratório Central de Saúde Pública de casos monitorados de bactérias multirresistentes que apresentavam este perfil, sendo que nove pacientes confirmaram infecção por esta bactéria. Destes, três vieram a óbito e seis tiveram alta hospitalar. Há 10 dias a própria Vigilância Sanitária do Estado esteve fazendo uma fiscalização no HNSC em relação ao caso.

O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) informa que são enviadas amostras ao LACEN-SC semanalmente para controle e vigilância de bactérias multirresistentes, garantindo a segurança aos pacientes que estão internados no HNSC. Atualmente não há casos confirmados de Pseudomonas Aeruginosa resistente a carbapenêmicos associada aos genes blaKPC e blaNDM na instituição, mas existem pacientes em vigilância e aguardando confirmação laboratorial.

 

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.