SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Aprenda a acumular milhas >FAZER O CURSO!
Domingo, 25 de fevereiro de 2024
Esportes

Tite minimiza polêmica e descarta clima hostil para seleção na Argentina

Dois meses após aquela partida não finalizada, o clássico será disputado na cidade de San Juan num estádio com capacidade para apenas 25 mil torcedores.

15/11/2021 11h04 | Atualizada em 16/11/2021 08h01 | Por: Lucas Marques | Fonte: ESTADÃO Conteúdo
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O técnico Tite descarta qualquer clima hostil para a seleção brasileira na Argentina, nesta terça-feira, em jogo das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022, apesar da polêmica sobre a partida interrompida logo aos cinco minutos, na Neo Química Arena, em setembro.

Na ocasião, o jogo foi paralisado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por conta de irregularidades na entrada de jogadores argentinos no Brasil em meio às restrições causadas pela pandemia de covid-19. A interrupção causou atritos e insatisfação por parte dos argentinos.

Nada disso entrará em campo nesta terça, na avaliação do treinador brasileiro. "É difícil dimensionar isso tudo, não sei a ótica que a Argentina encarou esses fatos todos", declarou. "Que nós façamos um grande jogo, que seja um grande espetáculo e que tenha um cunho de dentro do campo."

"A minha ótica é de lamentação pelo jogo não ter acontecido. Agora devido à compreensão dos fatos, o porquê de não haver... Tenho claro que, antes do futebol, existe saúde, existem leis e correção dos fatos. Isso tudo aconteceu. Agora como se encara essas situações é bastante particular, próprio e pessoal."

Dois meses após aquela partida não finalizada, o clássico será disputado na cidade de San Juan num estádio com capacidade para apenas 25 mil torcedores. Também presente na coletiva de Tite, o auxiliar César Sampaio lamentou a escolha dos rivais sul-americanos.
 

publicidade

"Entendemos que Brasil x Argentina merecia uma infraestrutura melhor. Tem dois expoentes sul-americanos em campo, o Messi e o Neymar. E toda uma atmosfera por causa deste jogo que não existiu por variáveis que não controlamos. Esperávamos, sim, um local mais apropriado. Agora temos que nos preparar para esta atmosfera e ambiente", disse Sampaio.

Tite pediu rápida adaptação ao elenco brasileiro para o jogo no acanhado estádio. "Sobre local, logística, para mim é secundário pela grandeza do jogo. Temos que nos adaptar, porque futebol é lá dentro. A exigência é fazer um grande jogo, independentemente do local. O gramado estando bom é o que buscamos."

 

Leia mais

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
(48) 3045-5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.