SCTODODIA - Ligados em tudo

Escolha a sua região:

Invista no posicionamento digital da sua empresa com o Estúdio SContime!CLIQUE AQUI
Segunda-feira, 23 de maio de 2022
Segurança

Homem que matou bebê a facadas deve ir a Juri Popular

Samuel confessou ter matado Maitê Brambilla dos Anjos, porque não aceitava o fim do relacionamento com a mãe da bebê.

Treze Tílhas, 13/05/2022 13h36 | Atualizada em 13/05/2022 15h48 | Por: Windson Prado
Maitê Brambilla dos Anjos - Foto Redes Sociais

O homem que matou a enteada de dois anos com uma facada no pescoço irá a júri popular. Esta foi a deliberação do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) que ontem apresentou denúncia contra Samuel Terres da Costa. 

O crime foi em Treze Tílias e chocou santa Catarina. Samuel confessou ter matado Maitê Brambilla dos Anjos, porque não aceitava o fim do relacionamento com a mãe da bebê. 

O pedido de ir a júri popular foi apresentado pela Promotora de Justiça Francieli Fiorin, titular da 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Joaçaba. Para ela o crime foi qualificado pelo motivo torpe, pelo emprego de meio cruel, por ter sido praticado à traição e mediante meio que dificultou a defesa da vítima e por se tratar de feminicídio.

O caso

O assassinato foi no dia 26 de abril. A mãe da bebê teria deixado a menina com o ex para trabalhar. Era o último dia dele na casa, o casal já estava separado. Pouco depois das 14 horas Samuel sumiu. A bebê foi encontrada no berço morta no início da noite. No dia seguinte o acusado se entregou a polícia e confessou o crime.


 

publicidade

Leia mais

OUÇA NOSSAS RÁDIOS

SCTODODIA - Ligados em tudo Grupo Catarinense de Rádios
Alfredo Del Priori, 430 Centro | Criciúma - SC | CEP: 88801630
48 3045.5144
SCTODODIA - Ligados em tudo © Todos os direitos reservados.
Demand Tecnologia

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.